Semana do Orgulho Nerd !!!

Eu não podia imaginar que era um nerd até aceitar fazer o teste que o SamuraiUTI e o Luiz Sérgio sugeriram. A idéia surgiu depois de uma provocação do Guilherme ao querer saber se eu era ou não um nerd. O teste foi feito e acabei descobrindo que era um nerd antigo e normal (isso mesmo, normal). Só não gostei de ser qualificado como um ‘chinês’ pelo resultado do teste… não entendi.

Bom, mas isso não importa. O que importa é que eu sou um nerd e ponto com, ponto BR (descobri isso aos 44 anos. Antes tarde do que nunca). Desde os 20 e poucos anos que estou envolvido com estas coisas. Fui da geração Atari, MSX, Scopus, CP500 Prológica. Hoje nem lembro mais como se faz, mas eu tinha o curso de programador da DataPro (que nem existe mais) em Dbase, COBOL e HTML.

Descobri uma coisa interessante lendo todos os posts da coluna anterior. O estereótipo nerd mudou bastante. Aquelas figuras caricatas deram lugar a outros tipos e posso dizer que existem nerds em várias embalagens, idades, tamanhos e formas. A maneira como os vemos nada tem a ver com a realidade atual.

No campo de vídeo operava um Amiga. Na época era a máquina mais moderna quando se falava em computação gráfica. Vivia na produtora e quase morava lá dentro editando vídeos e inventando coisas. A dedicação me rendeu alguns prêmios de melhor edição em festivais e dois ABERJE em 1992.

De lá para cá a ‘coisa’ só aumentou, passei pela Microsol e acabei me encantando pelo Fórum PCs. Quase todo sábado pela manhã eu estou diante do computador escrevendo o artigo da semana e diariamente colaborando na publicação de notícias. Hoje atuo como gerente corporativo de um grupo de empresas de informática que é para não me desvencilhar de outra coisa que gosto: vendas e pessoas! Quando dá (pois a empresa permite) viajo dando palestras pelo Fórum PCs. Meu computador passa boa parte do tempo ligado (só desliga umas 5 horas por dia) e o meu despertador é o noticiário da manhã que escuto em AM pela CBN.

Nas horas vagas gosto de motocicletas. Para juntar uma galera animada e também muito ocupada fundamos um motoclube chamado Guerreiros do Sol ( www.guerreirosdosol.com.br ) que já tem 4 anos. Para entender ainda mais de motocicletas fiz curso de mecânico profissional pelo Instituto Universal Brasileiro (por correspondência) e tirava as dúvidas com meu pai que também é mecânico e restaurador de carros e motos antigas, além de músico. Uma das minhas alegrias era desmontar e montar a moto e não deixar nenhum parafuso sobrando…

Confesso que conviver com um nerd (descendente de índios) é bem agitado. Minha Maria(uma bela índia)que o diga. Mas ela compreende, pois também é do mesmo meio e atua na área vendendo tecnologia e conhece como poucos a arte de fornecer soluções.

Dona Lara, minha linda princesa, também é nerd. O quarto dela é praticamente todo informatizado. TV de LCD, notebook, cell, internet sem fio, MSN, guitarras e violão. Sim, ela é uma nerd roqueira que adora motocicletas (pelo menos eu sei quem vai cuidar bem da moto). Detalhe: tudo ligado o tempo todo. Jura que vai fazer medicina e trabalhar com microcirurgia.

Enfim, assumidamente nerd, confesso que uma parte da minha vida vai mudar. Se a simpatia por essas entidades (nerd e geeks) já era grande, agora será maior, pois vai ser em causa própria.

Pesquisando por ai encontrei uma definição sobre o estereótipo nerd. Segundo Lia Portocarrero Amancio, “…é o rapaz (ou moça) que nutre alguma obsessão por algum assunto a ponto de a) pesquisar; b) colecionar coisas; c) fazer música; d) escrever sobre (normalmente acompanhado de pesquisa); e) não sossegar enquanto não descobrir como funciona; f) não dormir enquanto o programa não rodar.”

Para Paul Graham* (fundador da Viaweb, o primeiro application service provider. O software da Viaweb, escrito principalmente em Common Lisp, permitia que os usuários construíssem suas próprias lojas virtuais), “Existe uma relação entre ser esperto/inteligente e ser nerd, ou melhor, há uma correlação inversa maior ainda entre ser nerd e ser popular. Parece que ser inteligente parece fazer a pessoa não popular.” Uma forma análoga de conotação pejorativa. Os nerds não gostam dos mesmos tipos de música, e nem todos freqüentam os mesmos lugares, apesar de uma grande parte freqüentar convenções de quadrinhos e ficção científica. Tais fatos reforçam a visão distorcida que se tem de nerds e geeks (subgrupos destes).

Tem mais um ponto onde os nerds dão um banho: Um estudo realizado na Inglaterra mostra que os profissionais da área de TI são os mais preocupados com o parceiro na hora do sexo.

A pesquisa, realizada pelo site PS3PriceCompare, perguntou a 2084 homens e mulheres (56% do sexo masculino e 44%, feminino) segmentados em sua profissões algumas questões relacionadas a sua rotina sexual. Quando perguntados se consideravam as necessidades do seu parceiro acima das suas, 82% dos “IT workers” responderam que sim, contra 74% dos segundos colocados, os trabalhadores de escritórios, e 41% que trabalham com esporte e fitness.

Os esportistas foram os menos adeptos a criatividade-apenas três em dez utilizam algum tipo de acessório para apimentar a relação. Segundo o estudo os nerds dão um banho em outros profissionais quando o assunto é relacionamento. Nos outros a quantidade não é tão espetacular. Apenas 38% dos trabalhadores de TI disseram ter relações sexuais três ou mais vezes por semana. Essa frequência foi dita por mais da metade dos trabalhadores de escritório e e por 47% dos profissionais do esporte. Empresários ficaram na zona de rebaixamento, apenas 21% diz fazer sexo três ou mais vezes por semana (original da pesquisa em inglês no site SourceWire).

Os nerds possuem subgrupos.São eles os Geeks, Gamers, Cards Gamers, (Yu-Gi-Oh, Magic, Pokemon),RPGistas, Fanbase ou Fandom, Lord of the Rings Fans, Star Wars Fans, Trekkers’ ou Trekkies, do universo de Star Trek;Babylon V’ers, de Babylon 5, eXcers, de Arquivo X, Battlestar Galactica, Trekdom, Stargate, Otakus, aficionados por animes, mangás e cultura japonesa; Anime music video – Fanboy, Fan fiction, Fanon (fiction) e Fanposter.

Confesso de público a paixão pelo File X, Star Trek e Stars Wars. Possuo em casa uma raridade: o Livro da Industrial Light & Magic-The Art of Special Effects que nada mais é que o livro que conta com fotos, textos e artes (ricamente ilustrado e em inglês) como foram feitos o ‘Guerra nas Estrelas’, ‘E.T.’, ‘Indiana Jones’ e outros.

Estudos à parte, uma coisa é certa: É divertido ser nerd! Mais ainda é ser reconhecido como tal, pois o verdadeiro não se importa com isso. Pelo contrário-tem orgulho.

E para comemorar o ORGULHO NERD vamos fazer aqui no FÓRUM PCS, por sugestão de vários usuários, A SEMANA DO ORGULHO NERD. Deixe seu depoimento e conte o que você fez de mais nerd em 2008 e 2009 (mesmo que não seja totalmente nerd). O depoimento mais criativo vai ganhar certificado de autenticidade dado pelo FÓRUM PCS como o NERD MAIS CRIATIVO! Aproveite e faça o teste sugerido pelo SamuraiUTI (o T-Roadman também é um dos puxadores da idéia), para saber se é nerd e em que intensidade.

E ai? Conte a sua história ou seu causo e publique uma foto nerd! Vai ser divertido.

Eu já comecei, pois eu sou nerd, com muito orgulho, e daí?

Link para o teste: Outra sugestão do amigo Megaf:

*

Related posts

Leave a Comment