Preso americano que assustava clientes para subir no Google

Robert Stolarik for The New York Times

Um homem que assustava clientes para incentivar as reclamações sobre seu site de venda de produtos foi preso na segunda-feira, 7, nos Estados Unidos, após uma denúncia feita pelo jornal “The New York Times”.

Vitaly Borker, de 34 anos, tinha um site chamado DecorMyEyes. No fim de novembro, o diário norte-americano publicou uma reportagem contando a série de ameaças que esse homem fez a uma de suas clientes. Em entrevista ao “New York Times”, o sujeito disse que ameaçou dezenas de clientes, com o objetivo de gerar citações na web sobre a sua loja virtual. Com isso, seu site de vendas passava a ocupar posições cada vez melhores nas buscas do Google. A Justiça dos EUA negou o pedido de fiança alegando que Borker “beira o psicótico” ou tem uma “personalidade explosiva”.

O jornal conta que, depois da reportagem, o Google resolveu mudar sua fórmula de buscas de forma que as empresas sejam punidas (rebaixadas na lista de sites buscados) caso elas usem estratégias desse tipo para subir na lista de buscas.

Related posts

Leave a Comment