Financiar moto sem entrada e com mais prazo fica mais difícil

Complicou

Concessionárias reduziram o prazo de financiamento de motos zero sem entrada após as novas regras do Banco Central para diminuir a oferta de crédito e controlar a inflação. Na Grande São Paulo sete lojas em dez pesquisadas pelo Agora confirmaram que não fazem mais vendas em 60 meses sem entrada. Essas concessionárias limitam o parcelamento sem entrada para pagamentos em até 48 vezes. Das concessionárias consultadas pela reportagem, apenas uma revendedora Yamaha –em Socorro (zona sul)– não alterou os prazos de financiamentos. Nas demais, porém, as restrições foram ainda maiores.

Related posts

Leave a Comment