Minha vida numa moto: Capacetes #motos

Não uso capacetes abertos. O máximo que ainda permito é o modular ou articulado. Estes tipos de capacetes foram os escolhidos pela grande maioria dos batalhões brasileiros de motociclistas policiais por permitir proteção adequada e a flexibilidade de poder, em uma abordagem, melhorar o campo de visão, a ventilação e ainda facilitar tanto o uso, como vesti-lo rapidamente. Porém, este capacete não serve para todas as ocasiões. Na minha vida numa moto eu uso hoje três tipos de capacetes. O articulado é um Nolan usado para viagem. Ele possui um excelente conforto; ótima aerodinâmica (há um estabilizador no topo que serve também como entrada de ar, o que reduz bastante os efeitos da turbulência provocados pelos caminhões, quando estamos atrás deles); bom isolamento acústico; viseiras mais grossas com travas de segurança; óculos escuros retráteis como sobreviseira contra o excesso de luminosidade e, a mesma flexibilidade que permite, por exemplo, tomar água sem ter que tirar o capacete.

Continue lendo no Motonline.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.