Segurança 

Curitiba (PR) reduz em 7% os acidentes com motos

noticia_243687_img1_7f1interDe janeiro a julho de 2016 foram registrados, em Curitiba, 1.090 acidentes envolvendo motos e motonetas. O número é menor que o do mesmo período do ano passado, quando foram 1.174 acidentes — neste ano são 7% a menos. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (21), quando a PM também anunciou uma série de atividades para marcar o Dia Nacional e Internacional do Motociclista, em 27 de julho.

Outros números também mostram redução em outros itens na Capital. Do total de acidentes neste ano, 993 foram com vítimas e 97 sem vítimas. No ano passado foram 1.062 com vítimas e 112 sem vítimas. Neste ano os acidnentes resultaram em 1.007 pessoas feridas — 860 condutores, 106 passageiros e 41 não informados. Em 2015 o número de feridos chegou a 1.078 — 946 condutores, 119 passageiros e 13 não informados. Também foram registradas seis mortes no local em 2016, sendo cinco condutores e um passageiro. No ano passado sete morreram no local.

“Podemos destacar que a redução nos acidentes se deve, principalmente, às ações educativas dos órgãos competentes, inclusive a Polícia Militar, por meio do Batalhão de Polícia de Trânsito. Temos priorizado as fiscalizações e as atividades educativas voltadas para os motociclistas, que são os que mais se envolvem em acidentes”, explica o porta-voz do BPTran, tenente Ismael Veiga.

Rodovias

A mesma tendência foi encontrada nas rodovias estaduais. Nos cerca de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais que seguem para o Litoral e interior do Estado, o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) registrou, de janeiro a junho de 2016, 775 acidentes envolvendo motos. Em função deles, 59 pessoas morreram no local e 925 ficaram feridas. No mesmo período de 2015, foram 820 acidentes, com 76 mortes envolvendo motos e 1.062 feridos.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.