DESTAQUES Motociclismo 

Conversão causa acidente com motociclista em Quixadá

IMG-20160214-WA0149Acidente ocorrido na manhã de domingo (14) em Quixadá, na Avenida Jesus Maria José, no bairro Jardim dos Monólitos, envolvendo o motociclista Klistines de Castro Oliveira, 42 anos, mecânico, proprietário da moto Yamaha XJ6 de placas ORV-0165, Fortaleza(CE), gerou revolta entre os motociclistas que o acompanhavam no passeio de moto, comum nos fins-de-semana.

O policial militar conhecido como SD Monteiro, motorista do FIAT PUNTO de placas PNC-6077 teria causado o acidente por conta de uma desatenção na manobra de conversão, onde supostamente o condutor do veículo não viu a aproximação da moto que estava trafegando na via. Segundo relatos do empresário Juvenal Holanda e de outros motociclistas que atenderam ao piloto ferido, “o veículo ligou a seta e entrou sem ver que vinha uma moto na estrada”. Klistines freou a moto, mas não conseguiu evitar a batida lateral.

IMG-20160214-WA0091Pelas fotos, pode-se afirmar que a moto bateu em baixa velocidade, haja vista os danos mínimos na lateral do carro e pelo impacto, pois o motociclista teve apenas o braço quebrado. Já a moto teve a roda e parte da suspensão dianteira destroçadas, separando-se da moto.

O que gerou grande revolta por parte dos motociclistas foi o desinteresse das autoridades em registrar o fato. Os motociclistas acionaram a Autarquia Municipal de Trânsito que disse ser da “PRE- Polícia Rodoviária Estadual a responsabilidade de apurar o ocorrido”, porém esta se recusou informando que deveria ser a “Autarquia Municipal a responsável”.  No fim de tudo a Autarquia resolveu atender e no laudo colocava informações sem a devida medição, função que deveria ser da perícia – a qual não havia na cidade. Para completar a confusão, a viatura do Ronda que veio atender a ocorrência orientava que “deveriam deixar pra lá, pois na cidade não tem perícia e que isso não iria dar em nada” segundo nos informou Juvenal Holanda.

IMG-20160214-WA0140
Veículo envolvido no acidente

Segundo relato dos motociclistas e pelas fotos do acidente podemos suspeitar que, em nenhum momento, o motorista olhou antes e durante a sua conversão. Sequer tentou evitá-la. Tudo indica que ele não viu a aproximação da moto apesar de insistirem em culpar o motociclista pelo acidente. Argumentam que a moto vinha em “alta velocidade”, mas as fotos do impacto dizem o contrário. Acidentes como este, normalmente terminam em graves fraturas e até mesmo em morte do motociclista. O que, felizmente, não aconteceu.

IMG-20160214-WA0080
Klistines sendo socorrido pelo SAMU.

O piloto Klistines foi rapidamente atendido pelo SAMU local e passa bem apesar do braço quebrado. A moto teve perda total. Os motociclistas prometem recorrer e solicitar uma perícia técnica para apurar a culpa pelo acidente. Quanto ao descaso da polícia e da autarquia, “uma reclamação formal deverá ser encaminhada aos órgãos competentes responsáveis por apurar falhas de conduta dos envolvidos na apuração dos fatos”. Enfatiza Juvenal Holanda.

Fac-Símile da matéria publica por veículo local onde o nome e a placa do condutor são omitidos.

Matéria local omite a placa do carro e o nome do policial envolvido
Matéria local omite a placa do carro e o nome do policial envolvido

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.