Burnfull (Queima Total) – é possível?

O Consultor em TI, Luis Henrique, levanta uma questão interessante em um texto enviado a nós, o qual publico na íntegra.

A Queima Total é uma grande invasão, feita por Hackers, de todos os sistemas de comunicação, transportes e energia, causando um grande blecaute. Esse tema é o foco do filme Duro de Matar 4.

No filme, tudo que estava sobre a grande infra-estrutura computadorizada, podia ser invadido e desligado, e é ai que a ficção difere da realidade. Nos nossos sistemas atuais, embora muita coisa seja ligada à internet, os sistemas mais importantes em geral são protegidos da grande rede ou isolados dela.

Em setembro de 2007 o site do SBT e o da Record foram invadidos por hackers. No site da Record eles deixaram a seguinte mensagem:

Queima total Brasil

Ousamos em pichar o site da “concorrência” com intuito de expressar-me de forma concisa a revolta que pouco dos brasileiros têm com a nossa situação e hoje “querem nos pegar”.

Será que foi na ditadura que aprendemos a calarmos nossas bocas e deixarmos nossos cérebros inertes?

Será que grandes personagens de nossa história não tentaram o mesmo que fiz?

Alertar o povo que viramos robôs do capitalismo, enquanto eles nos hipnotizam com banalidades o tempo todo?

A mídia deixou de ser imparcial e cessou quase que por completo o seu verdadeiro intento: mostrar a realidade e ajudar quem não tem acesso a outros meios de informação a se questionar sobre as coisas que nos acontecem… porém, hoje ela só nos entretém e faz com que sejamos marionete “dos poderosos do governo”.

Quantos minutos falam da realidade por dia?

Quantos minutos ela faz algo realmente produtivo por nós?

Essa matemática me parece realmente injusta como nossos governantes!

Vamos lá! Estamos falando pelos que desejam melhoras! Estamos falando por todos aqueles que não conseguem seu espaço, não têm voz!

Nós iremos gritar!

Alguém por acaso vai punir o Renan Calheiros?

E nos somos os criminosos? o Brasil esta pedindo e a próxima rede invadida será global, avisamos de antemão que será perda de tempo tomar qualquer providencia para protege-la, inevitável.”

No texto acima, reproduzido na íntegra, ainda é feita uma ameaça à Rede Globo. “O Brasil esta pedindo e a próxima rede invadida será global”. Mas aparentemente eles não conseguiram entrar.

Mas por que a invasão do site do SBT ocorreu 10 dias antes do da Record e o da Globo não ocorreu? Ora, por que os sistemas não estão interligados, os sistemas de proteção são diferentes e as redes também são diferentes.

Sem contar que a Globo foi avisada do ataque e se precaveu, aumentando seus sistemas de proteção e ficando alerta a uma possível invasão. E esse é o grande ensinamento que devemos ter desses acontecimentos: Devemos ter sistemas independentes, sistemas de proteção atualizados, equipe técnica treinada e sempre alerta.

Quando falo de sistemas independentes, alerto sobre o problema de termos um só fornecedor, uma só tecnologia, ou seja, a boa e velha concorrência também é útil na segurança da informação. Já imaginou se todos os bancos eletrônicos (aqueles que ficam na rua) fossem de uma só rede? Já imaginou se todos os cartões de créditos fossem de uma só bandeira? E Já imaginou se todos os serviços fossem administrados utilizando o Windows? (hehehe)

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br – NIC.br, divulgou pesquisa sobre o uso da Internet no Brasil (Empresas), quando comparamos os problemas com ataques de vírus de 2005 (50,34%) e 2006 (51,65%) e o ataque Worms ou Bots 2005 (17,44%) e 2006 (20,72%) vemos que o número de ataques cresceu, pouco mas cresceu e aparentemente isso tende a ser uma constante, por isso as empresas devem investir cada vez mais em tecnologia de segurança da informação e em sistemas de proteção, bem como em pessoal qualificado.

De todo modo, creio que ainda estamos longe de um Burnfull, pelo menos nos níveis apresentados no filme e esse cenário deve permanecer assim durante bastante tempo, apenas quando tivermos uma rede mais centralizada, com mecanismos totalmente dependentes de uns poucos pontos centrais, ai sim, teremos um cenário preocupante e um problema de segurança nacional.

AUTOR: Luís Henrique – Consultor em TI cluis_henrique@hotmail.com

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.