CAUSOS DE ESTRADEIRO - Raul Nixon DESTAQUES Motociclismo 

Uma motocicleta em minha vida. Por Raul Nixon

PANO_20130728_075749Para muitos viajar em uma motocicleta é a concretização de uma aventura. Esta ação assume uma representatividade subjetiva do prazer na aventura e no inusitado  para anônimos ou famosos. A aventura de viajar em uma moto, em muitos momentos, surge como algo norteador. Lembra quando planejamos aquela viagem que desejamos fazer? O planejamento e as etapas para a realização da viagem? o que devo levar? Pois é, a motocicleta deixa de ser apenar um meio de transporte  e passa a ser uma amiga e instrumento de uma “grande” aventura. Como é bacana ver o sucesso de outros moto-turistas-aventureiros. Aqueles que ainda não fazem tal aventura, tenha a certeza, ficam com uma vontade imensa de também fazer.

Criar uma identidade aventureira

Nesta coluna, temos a intenção de estimular os futuros aventureiros e criar identidade com os experientes. Todos tem em comum um ponto, o prazer de viajar em uma motocicleta e desejo de realizar a aventura.      Durante alguns anos viajando pelas as mais diversas estradas, coletamos experiências e dicas de “sobrevivência” na motoaventura. Esperamos que a leitura seja útil e que inspire as suas próximas aventuras.

Vai viajar de moto? E se…

Uma das muitas motos usadas por Nixon. Nesta foram mais de 110 mil km rodados. Confiram a GALERIA DE FOTOS ABAIXO
Uma das muitas motos usadas por Nixon. Nesta foram mais de 110 mil km rodados.

Quando escolhemos viajar em uma motocicleta, sempre faz nascer frases do tipo: Vai viajar de moto? Viajar de moto faz doer tudo! E se chover? De carro não é melhor? É muito perigoso viajar de moto! Você parece que não tem juízo! Esse mama “numa” onça!  Na verdade o fato de viajar de moto sempre assombra um pouco parte das pessoas. Acredito porque foge muitas vezes da pseudonormalidade da vida da maioria das pessoas. Viajar de motocicleta é o resultado da concretização de uma idealização da aventura ou de uma necessidade. Seja qual for o motivo, as dificuldades encontradas, a realização da viagem ou até mesmo o planejamento,  na maioria das vezes, acaba se transformado em um imenso prazer. Muitas vezes transformadas em fotografias, filmagens ou simplesmente uma boa historia para contar aos amigos. Mas há quem busque apenas realização pessoal, algo que a própria viagem em uma motocicleta acrescentou na vida de quem faz.

E a moto? como deve ser minha moto?

Puxa! Essa é uma tarefa difícil. Dificuldade surgida por diversos fatores (preço, custo de manutenção, ergonomia, objetivos, e outros). A motocicleta ideal surge com o tempo, e as vezes passa por uma certa customização. Ela vai ficando cada vez mais parecida com você, apesar de muita gente acertar na primeira escolha e neste aspectos conheço alguns sortudos. Acredito que a opção por uma boa moto é uma mistura do ato de escolher e o da adaptação; assim nasce a “boa parceria entre homem e máquina”.
A melhor motocicleta é aquela que te leva para onde você quiser ir, independente de cilindrada, preço, marca ou ano. A boa motocicleta promove um tipo de simbiose com o motociclista. Se isso for percebido com certeza você encontrou a sua moto.
 Cuidado! Viajar de motocicleta é extremamente viciante. Um forte abraço e até ao nosso próximo encontro.

 

Related posts

Leave a Comment