Motociclismo 

Segmento de Motocicletas Apresenta Primeiros Sinais de Reação em Março

De acordo com os dados divulgados pela ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, o segmento de motocicletas apresentou ligeiro aumento de 6,4% na produção entre março e fevereiro de 2013, passando de 123.338 unidades para 131.174. As vendas aos concessionários subiram 7,1%, atingindo 129.982 motocicletas contra 121.361 de fevereiro.

No varejo, a média diária, que contou com dois dias úteis a mais em relação ao mês anterior, ficou em 6.192 motocicletas, superando 5.661 contabilizadas em fevereiro. A comercialização totalizou 123.847 unidades, em março, contra 101.890 registradas no mês anterior, representando um incremento de 21,5%.

“Com esses resultados registrados em março, mantemos a projeção para este ano, com um aumento de 3,7% na produção, chegando a cerca de 1.750.000 motocicletas, e de 2,4% nas vendas no atacado, que devem ficar torno de 1.664.000 unidades”, comenta Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

No acumulado do primeiro trimestre, a produção de 2013 ficou 25,1% abaixo do volume registrado em igual período de 2012, com 381.708 unidades ante 509.545. As vendas no atacado tiveram queda de 21,9%, passando de 468.493 para 366.078 motocicletas. Na comparação com março do ano passado, quando foram produzidas 179.451 unidades, houve redução de 26,9%. No mesmo mês, a comercialização para as concessionárias totalizou 164.688 unidades, com retração de 21,1%.

“O primeiro trimestre de 2012 foi o melhor período do ano. A partir daí, as vendas passaram a apresentar quedas consecutivas até dezembro. Neste ano, começamos a notar certa reação do mercado. Apesar das adversidades com relação ao crédito, esperamos uma recuperação gradativa a partir do segundo semestre”, complementa Fermanian.

As exportações do trimestre permaneceram praticamente estáveis em comparação a igual período de 2012, com 22.549 motocicletas contra 22.473, representando um pequeno aumento de 0,3%. Em março deste ano, comparado com mesmo mês ano passado, as exportações subiram 19,5%, passando de 6.978 para 8.341 unidades.

Bicicletas

No segmento de bicicletas, a produção no Polo Industrial de Manaus (PIM) apresentou queda de 11,8% no acumulado do primeiro bimestre do ano, em relação a igual período de 2012, passando de 140.902 unidades para 124.257. Em fevereiro foram fabricadas 60.696 unidades, correspondendo a uma redução de 4,5% sobre janeiro, com 63.561 unidades. Em comparação a fevereiro de 2012, a retração foi de 10,8%.

No acumulado dos dois primeiros meses do ano, as vendas de bicicletas no atacado reduziram 15%, passando de 120.574 para 102.510 unidades. Entretanto, a comercialização no atacado cresceu 14,8% entre janeiro e fevereiro, aumentando de 47.733 bicicletas para 54.777. Em relação a fevereiro do ano passado, com 62.012 unidades, houve queda de 11,7%.

Já as importações de bicicletas no primeiro bimestre somaram 53.310 unidades, volume 9,3% maior do que o registrado no mesmo período de 2012, com 48.786 unidades. Em relação a janeiro (38.840 unidades), houve uma significativa redução de 62,7%, totalizando 14.470 unidades.

Related posts

Leave a Comment