Rede social para amantes chega ao Brasil

tecnologia@eband.com.br

Entrou no ar nesta segunda-feira na internet brasileira uma rede social que tem causado polêmica nos países que atua. Chama-se Second Love e é destinado para homens e mulheres casados à procura de um amante. A rede, lançado em 2008 na Holanda, soma mais de 200 mil cadastrados e um crescimento médio de 60% ao ano.

De acordo com a porta-voz da empresa, Anabela Santos, o Second Love é voltado àqueles “que desejam escapar temporariamente da monotonia de seus relacionamentos longos”. “A maioria parte dos sites de relacionamento é focada no público solteiro, que busca parceiros para uma relação estável. Já o Second Love oferece um serviço àqueles que desejam escapar temporariamente da monotonia de seus relacionamentos longos”.

Segundo a porta-voz, a intenção do site não é incentivar a tradição, mas sim dar uma “apimentada” na relação. “A opção de ir além de um simples bate papo virtual é de cada usuário”, afirma. Para ela, a empresa decidiu investir no Brasil pois os brasileiros são “um povo mais aberto e receptivo a novidades”.

Para participar da rede social, o usuário precisa ter mais de 25 anos. Homens devem pagar mensalidade, já para as mulheres o serviço é gratuito.

Related posts

Leave a Comment