Pesquisa da Intel revela um dilema dos pais

Quando se trata de conversar com seus filhos, os pais alegam que matérias como matemática e ciências são mais difíceis de discutir do que sobre o uso de drogas, de acordo com uma pesquisa divulgada pela Intel Corporation. A pesquisa descobriu que apesar de mais de 50 por cento dos pais classificarem matemática e ciências como as matérias fundamentais para o futuro sucesso de seus filhos, eles alegam desconforto para conversar com eles sobre essas matérias. Cerca de 1/4 dos entrevistados dizem que a principal barreira é a própria falta de conhecimento deles nessas disciplinas.

A Avaliação Nacional do Progresso Educacional (NAEP na sigla em inglês), chamado de “relatório da nação”, revelou que menos de 40 por cento dos alunos entre o quarto e o oitavo ano nos Estados Unidos são proficientes em matemática. O relatório da NAEP também descobriu que os alunos do quarto ano não melhoraram desde a última prova realizada em 2007, embora os alunos do quarto ano tenham evoluído em todas as provas de matemática da NAEP desde 1990.

“A ligação entre as disciplinas de matemática e ciências e a inovação e a competitividade americana, está mais aparente do que nunca”, declarou Shelly Esque, vice-presidente do Grupo de Assuntos Corporativos da Intel. “Nossa pesquisa aponta uma realidade difícil para os pais do nosso país: ao mesmo tempo em que eles reconhecem a importância da matemática e das ciências, eles são incapazes de engajar seus filhos nessas matérias devido a falta de conhecimento e a falta de recursos para ajudar. Precisamos auxiliá-los para que eles ajudem seus filhos a fazerem as melhores escolhas, incluindo fazer cursos de matemática e ciências para estarem mais preparados para o sucesso”.

Intel Corporation

AZ

Related posts

Leave a Comment