Operadoras vão colaborar com o Conselho Nacional de Justiça

O impossível está acontecendo. De vilãs, empurradoras de processo, as operadoras decidiram fazer alguma coisa em benefício dos consumidores. A Vivo, Claro, Oi e TIM vão contribuir com o Conselho Nacional de Justiça na semana de conciliação para desafogar o Judiciário. É isso mesmo!

As empresas acertaram com o CNJ a identificação de processos passíveis de conciliação. Elas se comprometeram também a avaliar os processos que reúnem demandas de massa, ou seja, temas semelhantes que foram apresentados por várias pessoas ao mesmo tempo. O trabalho deve iniciar pelos Estados onde existem maior número de processos. Em princípio, deve ser por São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia.

Segundo o Conselho Nacional de Justiça, o órgão também está trabalhando na elaboração de um acordo de cooperação a ser firmado com operadoras, Ministério da Justiça e outras entidades como o Procon e a Associação Nacional das Operadoras Celulares. O objetivo é elaborar estudos e medidas para identificação das demandas de massa, solução dos processos em andamento e, ainda, previsão de demais ações observadas nesta área.

Se realmente funcionar, muita coisa pode começar realmente a mudar.

Related posts

Leave a Comment