O Brasil registrou no ano passado o total de 4,54 milhões de usuários de telefonia fixa e móvel que trocaram de operadora sem alterar o número

Boa iniciativa

O Brasil registrou no ano passado o total de 4,54 milhões de usuários de telefonia fixa e móvel que trocaram de operadora sem alterar o número por meio da portabilidade numérica. O balanço foi divulgado hoje pela Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR Telecom), entidade que administradora o serviço. O número de clientes que mudaram de prestadoras em 2010 superara em 3,8% as migrações efetuadas em 2009, primeiro ano em que a facilidade foi disponibilizada à população brasileira.

O mês de dezembro do ano passado registrou o maior pico de migrações do ano. No serviço móvel, foram registrados 300 mil transferências, frente a 296 mil do mesmo período de 2009. A telefonia fixa também bateu recorde em dezembro de 2010, com 163 mil transferências, enquanto em 2009, o mês de agosto foi o que teve o maior volume de transferências (101,8 mil). Desde setembro de 2008, quando iniciou a implementação gradual do serviço, até ontem (9), foram registrados 8,037 milhões de números migrados. Deste total, 68,32% (5,490 milhões) são clientes da telefonia celular e 31,68% (2,546 milhões) da telefonia fixa, com maior volume na região Sudeste.

Até ontem, São Paulo apresentou o maior número de terminais que mudaram de prestadoras, totalizando 2,339 milhões. O Estado somou mais do dobro do segundo colocado do ranking, que foi Minas Gerais, com 955 mil migrações. Em seguida, estão Rio de Janeiro (799 mil) e Paraná (780 mil).

admin

Você e sua moto! Nós amamos motos!

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.