Mensagem de celular é 3 vezes mais cara no Brasil

Mandar uma mensagem de texto em um celular custa, no Brasil, o triplo do que em outros países da América Latina. Pesquisa feita pela Telecom Consulting mostrou que enquanto aqui no País paga-se, em média, US$ 0,17 (o que equivale a aproximadamente R$ 0,30, com o real cotado a US$ 1,78), na Argentina e no Chile, por exemplo, o preço não é maior do que US$ 0,05 (R$ 0,089).

Conforme a consultoria, o preço analisado é na modalidade pré-paga. Esse tipo de plano, que garante mais controle a quem o utiliza, mas que, em contrapartida, possui serviços mais caros, é opção de mais de 80% dos 112 milhões de clientes de telefonia móvel do País, de acordo com dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

“Esses serviços não têm grande aceitação no mercado brasileiro e existe um uso mínimo em comparação a outros países”, explicou Diego Bubillo, analista senior da consultoria. Por exemplo, enquanto no México o tráfego médio por cliente (MOU) é de 130, no Brasil grandes empresas de telefonia apresentam 70.

O custo do minuto também não fica atrás. Em média, uma ligação, ainda na modalidade pré, custa US$ 0,26 o minuto na Argentina, US$ 0,14 no Chile e US$ 0,35 no Peru. Aqui no Brasil, fica por uma média de US$ 0,60.

“Dificilmente essas tarifas serão reduzidas no curto prazo por um incentivo governamental”, afirmou Bubillo, afirmando que a alta carga tributaria imposta às empresas, na casa dos 40% sobre a receita, é um dos grandes motivadores desse alto preço.

“As operadoras brasileiras estão muito preocupadas em manter a rentabilidade pelos fortes lançamentos futuros”, adicionou o especialista, lembrando que a portabilidade numérica, a ser implantada em 2006, demandará recursos altos.

Enquanto ‘los hermanos’ enviam 3 mensagens, nós só conseguimos enviar uma pelo preço cobrado aqui…Sem comentários.

InfoMoney

Related posts

Leave a Comment