[COMPUTEX 2010] O 2o. Evento Mundial de TI

Pavilhão de Exposições de Nangang, Taiwan, Terça-feira 01/06/2010

[COMPUTEX 2010] Agora, começou mesmo. Pois para que um evento comece oficialmente se impõe a realização da cerimônia de abertura, afinal levada a efeito com toda a pompa e circunstância no salão principal do imponente Pavilhão de Exposições de Nangang, que concentra a maioria das atividades da feira.

A cerimônia foi aberta pelo Dr. Chih-kang Wang, Presidente do Conselho da TAITRA, a agência governamental de fomento ao comércio exterior que apoia a COMPUTEX desde os anos oitenta.

O Sr. Wang destacou o fato de ser a COMPUTEX o segundo maior evento mundial no campo da tecnologia da informação e telecomunicações com seus mais de 130 mil visitantes, dos quais 30 mil provenientes do exterior. E, este ano, com a maioria dos países se recuperando da grave crise econômica mundial, apresentou números maiores que os do ano passado tanto no que toca aos visitantes quanto aos expositores.

Em seu discurso, Mr. Wang lembrou que o destaque da edição deste ano da COMPUTEX será a computação em nuvem, razão pela qual um fórum específico sobre o tema será levado a efeito, e salientou a importância da participação, este ano significativamente maior que a do ano anterior, das empresas da República da China.

Aqui um parágrafo que não caberia no discurso de Mr. Wang, um alto executivo de uma agência governamental de Taiwan. Acontece que tal participação até recentemente era inviável por razões de política internacional.Pois, oficialmente, a República da China atribui a Taiwan o status de “província rebelde” e até um passado muito recente não havia qualquer tipo de relação entre os países. Hoje, demonstrando que nas relações internacionais o dinheiro costuma falar mais alto que convicções, já se estabeleceram relações comerciais e o resultado é a presença de 106 companhias provenientes do outro lado do Estreito de Taiwan (como as autoridades locais se referem à República da China) ocupando 171 estandes do pavilhão de Nangang.

“Uma janela aberta para a indústria!”

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/computex-2010-o-2o-evento-mundial-de-ti' filename='normal_bpiroponobatente.jpg']

Mas voltemos à cerimônia de abertura e ao discurso de Mr. Wang, que encerrou sua participação reiterando que o fato de a COMPUTEX vir crescendo continuamente ao longo dos anos é mera consequência do crescimento da indústria da informação e telecomunicações de Taiwan. Um deixa para passar a palavra ao Sr. John Hsuan, executivo da TCA (Taipei Computer Association), a promotora direta do evento.

O Sr. Hsuan começou, como manda o figurino, citando um provérbio chinês: trinta anos é a idade em que a independência se estabelece e aflora o desejo de comprometimento. E é com este espírito que a COMPUTEX inicia sua trigésima edição.

Segundo ele a feira, em si mesma, nada mais é que uma janela aberta para a indústria. E seu sucesso reflete o sucesso desta indústria. Que, ainda segundo o Sr. Hsuan, tornou-se a espinha dorsal da economia taiwanesa com uma produção que excede os duzentos bilhões de dólares americanos gerada pelas 741 empresas registradas em sua associação, das quais 414 se fizeram presentes no evento juntamente com suas concorrentes internacionais.

“O carro-chefe desta indústria é o hardware.”

O carro-chefe desta indústria é o hardware que, segundo o Sr. Hsuan, atende a 70% da demanda mundial. E que tem como um dos focos principais a tecnologia WiMax, que hoje cobre a cidade de Taipei, atendendo desde a rede de ônibus até o metrô, suprindo necessidades que vão do simples envio de mensagens de correio eletrônico até atendimento médico de urgência, suprindo hoje as necessidades de 568 empresas. Taipei tornou-se, assim, a capital do WiMax.

Uma deixa para passar a palavra a Young-ping Lee, o Vice-Prefeito de Taipei que, representando a cidade, agradeceu às indústrias participantes do evento, deu as boas vindas aos visitantes e declarou aberto o evento, dando por findos os trâmites da cerimônia de abertura.

O que foi bom pois precisamos trabalhar. Afinal, há quase cinco mil estandes a serem visitados e é preciso manter informados os leitores do ForumPCs…

Material enviado pelo Mestre Piropo direto de Taiwan-Computex 2010.

Related posts

Leave a Comment