Anunciante terá de consultar internauta para coletar dados

As próximas edições do Safari, navegador da Apple, terão um recurso para permitir que os internautas se escondam dos anunciantes. Trata-se do “Do Not Track”, que vai impedir as empresas de rastrearem os usuários a fim de exibir publicidade direcionada. As informações são do IDGNow!.

O recurso já está disponível nas versões para teste do Mac OS X Lion, cuja previsão de lançamento é o segundo semestre deste ano. Mas ainda não há informações sobre quando o “não me siga” será posto em funcionamento pra valer.

Os concorrentes Firefox 4, da Mozilla, e Internet Explorer 9, da Microsoft, já contam com o “Do Not Track” e o “Tracking Protection”, respectivamente.

A discussão sobre a privacidade dos navegadores foi levantada graças à uma série de reportagens do Wall Street Journal que mostrava como os anunciantes coletavam dados dos internautas sem que haja autorização.

A pressão fez com que dois senadores norte-americanos, John Derry e John McCain, investissem em um projeto para tentar obrigar as empresas a consultar o usuário antes de iniciar o rastreamento.

 

Related posts

Leave a Comment