DESTAQUES Teste de Motos 

Yamaha XJR 1300 Guerrilla Four – Motonline

O projeto Yard Built da Yamaha (Oficina de Construção) oferece os modelos de motos mais representativas da marca a oficinas especializadas em customização de todo o mundo para que seus artistas construam livremente versões que eles mesmo imaginam para estas máquinas. Algumas delas mostramos aqui no Motonline, como  a V-Max, a XSR 700 (sobre a MT-07), a Midnight Star e agora daXJR 1300.

Todas estas motos estarão presentes num festival que começa nesta semana (de 4 a 7 de setembro) – Glemseck 101 – na Alemanha, que acontece sempre no final do verão na Europa, quando a Yamaha aproveita para mostrar novidades do projeto Yard Built e de outras casas de customização. Desta vez a grande novidade é a nova criação da Rough Craft, de Taiwan, que estréia no projeto em colaboração com a Yamaha com seu “artista” Winton Yeh que viajou na XJR 1300.

No festival de Glemseck a Yamaha premiará os melhores trabalhos do Projeto Yard Built, que foram escolhidos por mais de 10 mil aficcionados pelo tema da customização em todo o mundo e votaram nas 41 melhores criações. Destas, 4 foram escolhidas as melhores, uma dentro de cada categoria: XJR1300, XV950, VMAX y SR400. Estas criações serão exibidas em Glemseck. No festival a Yamaha também vai lançar seu App My Garage, que permite ao usuário criar sua própria moto customizada dentro da gama de motos Sport Heritage de Yamaha.

Criador e criatura nas ruas de Taipei, capital de Taiwan: estilo único

Criador e criatura nas ruas de Taipei, capital de Taiwan: estilo único

Esta XJR 1300 Guerrilla Four, criação do taiwanes Winston Yeh, da oficina Rough Craft, é bem original e ele conseguiu dar personalidade para sua criação. “A XJR 1300 é uma moto bem clássica e sem alterar nada estrutural da moto, pude dar um toque especial a ela e acredito que isso inspira muitos outros motociclistas que querem uma moto única para si”, fala Winton. Depois de ter desenhado a moto que queria fazer, Winton trabaha com outros “fabricantes” que fazem peças sob medida e que fazem uso de técnicas artesanais e ferramentas antigas para a construção. “O resultado reflete exatamente o que é o princípio de minha oficina: Hand made in Taiwan”, confessou.

XJR 1300: guerrilheira urbana

XJR 1300: guerrilheira urbana

Entre as modificações na moto estão a substituição da suspensão dianteira pela da V-MAX com a redução do curso para 100 mm, a eliminação completa dos instrumentos do painel, deixando-o mais clean, a substituição das rodas e dos pneus e o tubo do escapamento, substituído por um construído especialmente para a moto. A pintura foi realizada em casa e as outras peças de acabamento foram anodizadas e cromadas por uma artista local, cuja oficina de pintura tem o sugestivo nome de OneHandMade. A moto realmente deu à moto a identidade da Rough Crafts. Yeh utilizou pedaleiras, manetes e punhos Fin Style, para dar um toque de simplicidade ao conjunto, colocou freios ISR com acabamento em preto e fabricou seu próprio tanque de combustível, mais estreito e com uma tampa exclusivíssima.

Fonte: Yamaha Europe

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.