WikiLeaks: Governo chinês foi o mandante do ataque ao Google

Ataque confirmado

Na relação de 250 mil documentos confidenciais que o site WikiLeaks começou a divulgar a partir do último domingo (28/11),  alguns deles apontam que o governo chinês teria sido o mandante do ataque aos servidores do Google em dezembro de 2009.

Segundo o jornal New York Times – reproduzindo os arquivos do WikiLeaks  –  “o  hackeamento do Google era parte de uma campanha coordenada de sabotagem de computadores, realizadas por agentes do governo chinês, especialistas em segurança privada e cibercriminosos recrutados pelas autoridades daquele país.  Eles invadiram PCs do governo americano, do líder tibetano Dalai Lama e de empresas americanas desde 2002”.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.