WikiLeaks foi sabotado por um de seus programadores

Sabotado

Durante meses, as pessoas tiveram dificuldades para enviar informações anônimas ao WikiLeaks. Isso porque, jornalistas e ativistas ligados à organização – que divulga documentos confidenciais – informaram que um programador conhecido como “The Architect” (O Arquiteto) conseguiu desinstalar o componente do site que garante o anonimato dos colaboradores que enviavam documentos secretos.

A informação foi divulgada pela Reuters, a qual afirma que os detalhes da sabotagem devem ser revelados em um livro previsto para ser lançado na próxima sexta-feira, intitulado de Inside WikiLeaks: My Time With Julian Assange at the World´s Most Dangerous Webiste (Por dentro do WikiLeaks: Meu Tempo com Julian Assange no Website Mais Perigoso do Mundo, em tradução livre para o português). A obra seria escrita por Daniel Domscheit-Berg, um ex-programador que, até o ano passado, foi um dos dois porta-vozes da organização.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment