Vale a pena vender viva-voz bluetooth para carro?

Uma das coisas mais desagradáveis quando se está dirigindo é ter que atender ao celular. Algumas pesquisas mostram que dirigir falando ao celular é semelhante a estar embriagado. Um estudo desenvolvido na Universidade de Utah, nos Estados Unidos pesquisou 40 pessoas que foram acompanhadas enquanto dirigiam um carro virtual, em um simulador de tráfego. Algumas pessoas dirigiram enquanto falavam ao telefone celular, outros estavam alcoolizados, e outros dirigiram sem tais distrações ou deteriorações.Resultado: risco de acidente 5,36 maior do que os motoristas sem distrações.

Tem mais: os que estavam usando viva-vozdirigiam mais devagar e eram 9% mais lentos para apertar o freio. Eles apresentaram 24% mais erros na trajetória e eram 19% mais lentos para retomar a velocidade normal depois de uma parada além de apresentarem maiores chances de colidir.

Mas, vale a pena adquirir um viva-voz? Se é para manter as mãos no volante, evitar levar uma multa e se, ainda, você não pode deixar de atender aquela ligação, a opção bluetooth para quem está sozinho no carro vale muito a pena. Mas algumas regras devem ser seguidas e uma delas é quando atender ao telefone usando um viva-voz, se tiver mais alguém no carro, informe que a ligação está no viva-voz e quem está ao seu lado. Isso preserva a privacidade e evita que assuntos sigilosos ou até mesmo inconvenientes para o momento sejam tratados.

[photoframe size=large desc='Viva-Voz Ultra-Slim BFH-200' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/vale-a-pena-vender-viva-voz-bluetooth-para-carro' filename='produto_vivavoz1-g.jpg']

Mas vamos a avaliação do modelo que recebi para testar se vale a pena ter um. O modelo em questão é o

De acordo com as especificações técnicas o produto da HIKOR é compatível com todos os celulares que contém a tecnologia Bluetooth integrada(vide lista no final do texto), adota Versão Bluetooth 2.0 padrão, garante tempo de conversação de até 12 horas e stand by de até 300 horas. A conexão tem alcance de 10 metros e vem com tecnologia Full Duplex DSP para eliminação de ecos e ruídos. Traz botões de controle de volume, botão multifunção, 4 LED’s indicadores e inclui carregador veicular e guia rápido de utilização. O produto é certificado com o Selo da Anatel e garantia de 6 meses.

Nos testes de campo pudemos registrar as nossas impressões pessoais a respeito do Viva-voz da HIKOR. Para testar o produto no máximo dele eu precisava de alguém que gostasse muito de falar ao celular, recebesse muitas ligações, entendesse de design, de informática, fosse alucinado por ‘coisinhas novas’ e passasse boa parte do tempo na rua. Não foi difícil encontrar. Depois de realizar alguns testes pedi ao meu filho André Luiz, que passasse uns dias com ele.

[photoframe size=large desc='Não custa lembrar que o foco das nossas avaliações era se valeria a pena revender este aparelho com lucro e se teria perspectiva de bom giro. E o que percebemos?' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/vale-a-pena-vender-viva-voz-bluetooth-para-carro' filename='normal_hidek.jpg']

Quanto às funções, o botão principal (o maior de todos), é utilizado para atender e desligar a chamada com apenas um rápido ‘click’. Como ele é grande demais, facilmente você pode pressioná-lo sem ter que tirar os olhos da estrada. Ele ficará muito bem acondicionado se posicionado no quebra-sol do carro. Para desligar o aparelho, totalmente (power off), basta pressionar por uns segundos. Para falar com último número discado, sem ter que pegar no celular, basta pressionar o botão durante 1s. Imediatamente após ele começa a fazer a ligação.Esta função é muito útil quando no transito, principalmente para quem precisa retornar ligações rapidamente.

Os botões laterais servem para ajustar o volume e para sincronizar o telefone com o viva-voz. Pressionando durante a busca do celular por bluetooth, você irá encontrar o dispositivo. Se ele solicitar senha, tente a que deu certo: ‘0000’. Uma falha é que nada foi encontrado relacionado a isso na caixa, foi descoberto através de tentativa e consulta ao manual, tornando isso um ponto fraco no design de informação do produto pois, ele não ajuda o cliente a achar facilmente. Seria necessário ter uma indicação sinalizada de sincronismo. A falta dessa sinalização gera o risco de diminuir o interesse pelo aparelho, durante a ‘degustação na compra’ antes mesmo de testá-lo.

Quanto a recepção foi percebido um ‘delay’ mínimo. A recepção é muito boa e o áudio proporciona clareza na conversação. O volume do áudio do aparelho é agradável em todos os níveis de altura. Segundo o André registrou, em alguns testes, “a pessoa para quem liguei não conseguiu distinguir os sons com nitidez, confundindo minha voz com o barulho da rua mesmo estando de vidros fechados e com o volume do microfone muito baixo.” Nos testes que fiz também havia percebido isso.

Durante todos os dias nos quais realizamos os testes, a bateria recebeu carga de apenas 15 minutos. Os testes duraram seis dias usando em média umas 2 horas por dia e nenhum sinal de alerta de bateria fraca ou necessitando de recarga foi acionado. Este foi um ponto forte, principalmente, para quem usa bastante pois, a bateria dura muito.

[photoframe size=large desc='Mais informações:' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/vale-a-pena-vender-viva-voz-bluetooth-para-carro' filename='1210272469674_bigphoto_1.jpg']

Na opinião do André “O peso e a dimensão foram fatores fortes em seu design angular e bem distribuído.” O tamanho em proporção se parece com o de um aparelho celular e o peso bem reduzido permite prendê-lo ao quebra-sol ou em qualquer outro lugar com facilidade. “O material é bem acabado principalmente nos detalhes em cromo que não parece ter um banho químico de baixa qualidade”. Destaca André.

O site da empresa ( ) é bem completo e disponibiliza uma boa quantidade de informação. E o manual é bem trabalhado.

O preço de venda sugerido não deverá ultrapassar os R$ 350,00 e deverá baixar com a popularização do seu uso. A utilização desse recurso no carro é bem útil. Recomendo a revenda do produto, mas não deixe de lembrar aos seus vendedores que durante a ‘degustação’ por parte do cliente, não se esqueçam de mostrar como se faz a sincronização com o celular. Se deixar para o cliente descobrir isso lendo o manual pode dar uma boa dor-de-cabeça e talvez algumas desistências. No restante o produto se ‘vende sozinho’, principalmente quando ele está funcionando.

Aparelhos compatíveis:

BlackBerry 8300 Palm Treo 650

BlackBerry 8700 Palm Treo 680

BlackBerry 8100 Pearl

BlackBerry 7290

Samsung D900

Samsung U600

HP HW6945 Samsung F300

Samsung X836

Samsung E900

HTC S621 Samsung E230

HTC S411 Samsung I321

HTC 9100 Samsung E250

Samsung E570

LG Prada

LG Shine Sony Ericsson W880

LG Shine Slim Sony Ericsson K790i

LG ME550 Sony Ericsson W610

LG MG810 Sony Ericsson W580i

LG MG280 Sony Ericsson F550

Sony Ericsson Z550i

Sony Ericsson Z530i

Motorola E2 Sony Ericsson W300i

Motorola Z3 Sony Ericsson K550

Motorola Moto Q

Motorola V3e

Motorola V3

Motorola K1

Motorola A1200i

Motorola U6

Nokia E65

Nokia N76

Nokia N73

Nokia E62

Nokia 6111

Nokia 6125

Nokia 5200

Nokia 6085

Nokia 6131

Sony Ericsson

Motorola

Nokia

Palm

Samsung

BlackBerry

HP

HTC

LG

Postagens Relacionadas

Leave a Comment