Televisão: 75 anos! …e disseram que não ia dar certo…

“A televisão não irá durar. É uma tempestade num copo dágua!”

Mary Somerville, pioneira em radiodifusão educacional, em 1948.

Quando August Lumiére inventou o cinema já foi logo dizendo que ele não teria futuro comercial. H.M.Warner, co-fundador da Warner Brothersem 1927 largou essa pérola o que mostrava que estava muito ‘antenado’ com as tendências de mercado: “Quem diabos deseja ouvir atores falando?”. Alguns anos depois, em 19 de Abril de 1939, por ocasião da apresentação de um aparelho de TV nos EUA, o The New York Times destaca que a “Televisão não dará certo, pois a população americana não ia ‘agüentar’ ficar muito tempo olhando para aquela caixa!”…

… Pausa pra respirar…

Voltemos. Como profissional de marketing uma das coisas que mais me incomoda não é a resistência às mudanças ou o medo do novo, pois isso é natural da gente, ou melhor, natural de gente! Assustam-me essas avaliações precipitadas que geralmente caem por terra e no futuro servem como bons avisos para analisarmos bem uma nova coisa antes de falar sobre elas.

Certa vez ouvi que “a História é que nunca aprendemos com a História”. Concordei. Mas a Televisão superou a tudo e a todos e agora, você está diante de uma variação dessa caixinha de imagens lendo esse artigo.

[photoframe size=large desc='A PRIMEIRA TRANSMISSÃO OFICIAL' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/televisao-75-anos-e-disseram-que-nao-ia-dar-certo' filename='tv_04.jpg']

Convido você a mergulhar um pouco nessa fascinante história de imagem e semelhança de um aparelhinho construído á várias mãos, mas com a concepção base feita por um brasileiro chamado Padre Lendell. Saída das manchas, depois para imagens delineadas, tubos, preto e branco, cor, cabo, LCD e digital, a TV não irá parar por aqui, pois essa com certeza não será a última escala da televisão, mas é importante entender a força dessa caixinha de emoções.

No Brasil existem mais televisores que geladeiras. A Globo cobre 99% de todo o território nacional e o brasileiro é apaixonado por carro, futebol, internet e televisão.

Discussões filosóficas quanto à qualidade da sua programação à parte, quero deter-me na história de um aparelho que ainda não fez cem anos e que dificilmente o homem seria o que é sem ela. A TV veio antes do computador e foi por causa dela que as coisas começaram a se aperfeiçoar.

[photoframe size=large desc='Os primeiros aparelhos populares e a TV a cabo.' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/televisao-75-anos-e-disseram-que-nao-ia-dar-certo' filename='normal_image3.gif']

O ano é 1817. O químico sueco Jakob Berzelius, descobre casualmente o selênio, elemento químico brilhante e luminoso. Anos mais tarde, o inglês Willoughby Smith avançou mais e conseguiu fazer com que o selênio transformasse energia luminosa em energia elétrica. Isso possibilitaria a transmissão de imagens por meio da corrente elétrica. Em 1842 Alexander Bain, transmite uma imagem telegráfica sem movimento e 33 anos depois na Irlanda, o operador de telégrafo Joseph May, descobre o efeito fotoelétrico.

Ainda naquele ano na cidade de Boston EUA, George Carey propõe um sistema baseado na exploração de cada ponto da imagem simultaneamente. Cinco anos depois o francês Maurice Le Blanc mostra que imagens sucessivas, apresentadas em velocidade, dão a impressão de movimento. Em 1884 o alemão Paul Gottlieb Nipkow utiliza um dispositivo criado por ele para a formatação da imagem e capta imagens divididas em pequenos pontos. Só em 1897, através de Karl Ferdinand Braun, da Universidade de Strasbourg é que aparece o tubo de raios catódicos.

[photoframe size=large desc='A TV CHEGA AO BRASIL' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/televisao-75-anos-e-disseram-que-nao-ia-dar-certo' filename='image4.gif']

Vladimir Kosma Zworykin, em 1923, engenheiro eletrônico russo nacionalizado americano, patenteia o iconoscópio.Com esse aparelho transmite imagens a uma distância de 45 quilômetros. Bastante parecido com os televisores atuais o primeiro protótipo é apresentado numa reunião de engenheiros em New York, em 1929 e construído pela RCA em 1933.Na Inglaterra, lsaac Schoenberg, também russo e amigo de infância de Zworykin, desenvolve na companhia EMI um tubo de câmera semelhante ao iconoscópio.

O engenheiro escocês John Logie Baird transmite em 1926 alguns contornos de imagens em movimento em uma demonstração em Londres para a comunidade científica, assinando depois um contrato com a BBC para transmissões experimentais.Foi o engenheiro norte-americano Philo Taylor Farnsworth quem primeiro conseguiu transmitir imagens estáveis de um lugar para outro em 1927.Ele é o inventor do tubo dissector de imagens. Farnsworth, aos 14 anos de idade, pensou em construir as imagens por meio de linhas formadas por um ponto percorrendo a tela, observando, na fazenda onde morava, os sulcos paralelos deixados pelo arado ao preparar o solo para o plantio.

No dia 7 de setembro daquele ano, Farnsworth utilizando o tubo de raios catódicos desenvolvido no final do século XIX, apresenta o feito. O americano Farnsworth e o russo Zworykin travam longa disputa judicial pela paternidade da invenção da TV. Farnsworth ganhará a disputa, mas somente depois que a patente venha a expirar(1928). Mesmo ganhando nada recebe pelo seu invento.

Em 1928 um aparelho, chamado “Telehor”, é construído na Alemanha e apresentado no Berlin Radio Show, por Denes Von Mihaly. Dois anos depois em julho,a NBC, subsidiária da RCA, transmite experimentalmente nos Estados Unidos com a emissora W2XBS. Três anos mais tarde, no dia 31 de julho começam as transmissões da CBS com a W2XAB. Um ano depois a NBC começa a transmitir do Empire State Building, em Nova York.

[photoframe size=large desc='A TV passa o rádio nos EUA.' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/televisao-75-anos-e-disseram-que-nao-ia-dar-certo' filename='normal_flieg18.jpg']

Uma qualidade de áudio melhor chega a TV. Em 1941 as transmissões de som são transferidas de AM para FM. Em dia 7 de setembro a CBS apresenta o primeiro noticiário da história da televisão. O assunto: Os EUA na Segunda Guerra Mundial.

[photoframe size=large desc='A TV em cores' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/televisao-75-anos-e-disseram-que-nao-ia-dar-certo' filename='evolco10.jpg']

Pelas mãos de Assis Chateubriand, à época dono dos Diários Associados, a TV chega ao Brasil. Em 1948 é realizada a primeira transmissão experimental. Essa transmissão mostrava o Congresso Eucarístico, realizado na cidade de Juiz de Fora, MG e em seguida o primeiro jogo de futebol transmitido pela TV que foi Bangu (RJ) e Tupi (Juiz de Fora). O primeiro câmeramen foi Olavo Bastos e as câmeras eram enormes e muito pesadas. Em setembro de 1950 é inaugurada a TV TUPI de São Paulo pertencente a Assis Chateaubriand. A primeira transmissão em cores no Brasil só acontecerá 22 anos depois em 19 de fevereiro de 1972.

Segundo pesquisas da época, em 1950, já havia mais gente nos EUA assistindo TV do que ouvindo rádio. A TV se popularizou ainda mais com o final da Segunda Guerra Mundial. Por sua vez o nosso Brasil torna-se o primeiro país da América do Sul a implantar a televisão, em 18 de setembro de 1950.

Neste mesmo ano a França já transmite com definição de 819 linhas, a Inglaterra com 405 linhas e EUA e Japão com 525 linhas.

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/televisao-75-anos-e-disseram-que-nao-ia-dar-certo' filename='tvtelaplana_14.jpg']

Mas quem criou o sistema de TV EM CORES foi Hebert Eugene Ives, em Nova Iorque, em 1929. As imagens geradas por ele tinham 50 linhas de definição por fio. Peter Goldmark melhorou a definição, fazendo demonstrações com 343 linhas, em 1940. E em 1949, sistemas experimentais já haviam sido desenvolvidos pela RCA e CBS.

A padronização do sistema em cores para o NTSC foi feito pela Associação das Indústrias Eletrônicas em 1954. O novo padrão NTSC (National Television Standards Committee), utiliza o padrão preto e branco já existente e acrescentava a cor. O sistema desenvolvido baseava-se no padrão preto-e-branco com níveis de luminância(Y) e crominância(C), ou seja, o princípio de captar e receber imagens em cores está na decomposição da luz branca em três cores primárias vermelho (Red), verde (Green) e azul (Blue).

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/televisao-75-anos-e-disseram-que-nao-ia-dar-certo' filename='normal_pong2.jpg']

Um dos primeiros videogames que apareceram por aqui. Alguém lembra?

O VIDEOTAPE

Em 12 de maio de 1955, a WNBT fez a primeira gravação mundial em videotape, usando fita magnética de som e imagem. O VT foi utilizado pela primeira vez pela CBS em 30 de novembro de 1956. Um ano depois, no Brasil, a TV RIO (canal 13) torna-se a primeira emissora a adquirir equipamentos de gravação e reprodução.

A Transmissão Via satélite

Em 1962 é realizada nos EUA a primeira transmissão de TV via satélite. Cinco anos depois é criado, na Alemanha,o sistema de cores PAL, que resolvia alguns problemas existentes no sistema norte-americano, e na França foi adotado o sistema SECAM (Séquentielle Couleur à Memóire). Cinco anos depois os alemães desenvolvem o sistema PAL-Phase Alternon Line, sistema esse que foi adotado como padrão brasileiro e que com ajustes passou a chamar-se PAL-M.

[photoframe size=large desc='Chega o LCD. Chega? Quem disse que era algo novo?' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/televisao-75-anos-e-disseram-que-nao-ia-dar-certo' filename='180483.jpg']

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/televisao-75-anos-e-disseram-que-nao-ia-dar-certo' filename='normal_22602.jpg']

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/televisao-75-anos-e-disseram-que-nao-ia-dar-certo' filename='plasma-display-side.jpg']

Funcionamento do Plasma.

Antes que complete cem anos o velho tubo de raios catódicos ou CRT deverá deixar de existir completamente. Em seu lugar a briga parece ser entre o LCD e o PLASMA cabendo a esta última os créditos por uma melhor qualidade de imagem por trabalharem a imagem através da estimulação dos átomos do gás de plasma, através do choque constante, a emitir fótons.

Esse fenômeno permite telas mais finas, aliás, ultrafinas e maior campo de visão, permitindo assistir a programas de TV em ângulos antes impensáveis para uma TV de CRT.

Boa parte dos usuários do Fórum PCS apontam o LCD como melhor opção ao PLASMA, porém outros definem o OLED como a tendência que irá se consolidar.

É esperar para ver quem terá razão nesse debate e vocês têm a palavra.

A evolução da TV não pára por aqui. Muito parece que ainda virá. Já temos óculos com monitores inclusos e telas de todos os tamanhos. Os Ipods, MP4 enfim, tudo que precise ser mostrado ou que necessite de uma interface visual irá precisar de uma tela, monitor ou TV. Sem elas a nossa vida cegaria um pouco mais para os dados, para a diversão, a informação, fantasias, lazer e sonhos.

____________________________________________________________

PS – O FÓRUM PCS está participando do Prêmio IBEST! Mas para ganharmos precisamos que confirme seu voto! CLIQUE NO BANNER E VOTE PARA GANHARMOS! Eu já votei e você?

VALE CONHECER: Televisores Antigos LCD X PLASMA: LCD X PLASMA em inglês

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.