Speedy:Anatel não se convence que as medidas são suficientes

A liberação das vendas do Speedy não deve sair esta semana. Levantamento feito pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aponta que as medidas adotadas pela Telefônica para estabilização dos serviços são insuficientes para solucionar os problemas apresentados.

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, confirmou hoje que, diante das informações a que teve acesso, seria imprudente rever, neste momento, a suspensão da venda do serviço. Na sua última declaração, o ministro havia sido favorável a liberação da venda do Speedy.

As correções que a Telefônica ainda precisa fazer dependem de investimentos e de mais equipamentos. O superintendente de Serviços Privados da Anatel, Jarbas Valente, responsável pelo levantamento, ainda não se pronunciou, o que acontecerá em breve.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.