Sony prevê perdas de US$ 1,1 bilhão e planeja cortes.

Se a Sony registrar a perda prevista de US$ 1,1 bilhão, a administração da empresa deverá ser pressionada a realizar reestruturações mais profundas que aquelas que fazem parte de um plano revelado no último mês, que pregava corte de investimentos, abandonar certos negócios e redução de 16 mil empregos. Este número inclui 8 mil trabalhadores regulares ou cerca de 4% de sua força de trabalho. A Sony deverá registrar prejuízo operacional anual de cerca de US$ 1,1 bilhão. Se confirmado será o primeiro do tipo sofrido pela empresa em 14 anos. O resultado deve ser impactado por vendas fracas e a um iene mais valorizado, informou uma pessoa próxima ao assunto.

O resultado esperado pela Sony reverte a tendência de crescimento para um lucro estimado anteriormente em 200 bilhões de ienes. Por conta da crise americana as ações da companhia recuaram 9%, eliminando US$ 2 bilhões de valor de mercado da empresa para US$ 22 bilhões. Enquanto isso, a rival Toshiba perdeu mais de 8% de seu valor após a mídia japonesa ter informado que a empresa também deve publicar grande prejuízo neste ano financeiro.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment