Sony Ericsson, abaixo da projeção, decide cortar custos

Embora a Sony Ericsson tenha sido a primeira das grandes fabricantes de celulares a divulgar seus resultados para o quarto trimestre, foi a terceira entre as quatro grandes a reagir à queda severa nas vendas, nos últimos dias, depois da Motorola e da Samsung Electronics. A maior fabricante mundial de celulares, Nokia, reportará seus resultados em 22 de janeiro. A Sony Ericsson registrou um prejuízo anterior aos impostos de 261 milhões de euros (346 milhões de dólares) nos três meses finais de 2008, ante uma projeção média de 77 milhões de euros em prejuízos. As vendas subiram de 2,81 bilhões para 2,91 bilhões de euros, mas a margem bruta se reduziu a 15 por cento, ante 32 por cento, devido ao impacto das flutuações cambiais, provisões para reestruturação e contabilização de prejuízos.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.