Sindicato Alerta Sobre Apagão No Brasil

De acordo com Antonio Carlos dos Reis “Salim”, presidente do Sindicato dos Eletricitários de São Paulo (Stieesp) e da Federaluz e vice-presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), sete anos após o primeiro apagão da história brasileira, a população está prestes a viver uma nova crise no fornecimento de energia elétrica, em 2008 e 2009. “Todo esse caos foi gerado por falta de investimento no setor elétrico, até mesmo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) tem admitido a possibilidade do blecaute.”

Com crescimento econômico em torno de 5% ao ano, o País está prestes a viver novo apagão em 2008 e 2009. De acordo com dados da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o consumo ficou acima de 310 mil gwh, em 2007.

O crescimento econômico do Brasil poderia ser comemorado com mais entusiasmo se não fosse a crise de energia que assola o País desde 2001. Naquele ano, o alto consumo de energia e a baixa quantidade de água nos reservatórios das represas causaram um blecaute em grande parte dos estados brasileiros. Com o racionamento de energia – implementado pelo Governo de Fernando Henrique Cardoso – na época a situação de fornecimento foi amenizada.

Desde 1999, Salim tem alertado às autoridades em relação à importância de aplicações no aprimoramento dos serviços prestados e sobre as condições das reservas técnicas. Em 2001 houve o apagão, mesmo depois do Governo ter negado veemente que tal fato ocorreria.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.