DESTAQUES Tem Mulher na Estrada - Cláudia Leite 

Show de bola: Mulheres no 8o. Salão de Motopeças em Fortaleza-CE

2015-03-15 17.33.59
A garupeira Luciane Ramos e o marido piloto José Carlos Ramos. Sempre ligada em segurança, ela foi conhecer as novidades em EPI`s e acessórios.

Meninas, conferi o 8o. Salão Itinerante de Motopeças que aconteceu este mês aqui em Fortaleza-CE e quero dividir com vocês a felicidade ao constatar a presença feminina no evento, comprovando que efetivamente somos uma parcela importante hoje no segmento.

Logo na entrada, recebi minha credencial da funcionária do evento Neide Pereira, cujo esposo é integrante do Tenerê Motoclube de Fortaleza-CE e falou da participação feminina no Salão “acreditamos que 80% são homens e o restante de mulheres” concluiu. Muito eficiente e simpática me orientou sobre o evento e no final disse que, apesar de ter um pouco de medo, gostaria de ter mais tempo para acompanhar o esposo nos passeios.

2015-03-15 17.24.39
Bela pilota Nayara Sales com sua Honda150 e o namorado Allisson Oliveira na garupa.

Conheci muitas motociclistas, entre elas a arquiteta Luciane Souza Ramos, que estava com o esposo José Carlos. Cariocas, moram em Fortaleza há nove anos e possuem uma BMW 650. Motociclistas independentes, amam passear e ela estava lá para ver “as novidades e, principalmente como sou garupa, procurando por acessórios para mulher, já que eles são muito mais do que pintar um capacete de cor-de-rosa. Ando sempre equipada, pois segurança é tudo”, aconselhou.

A pilota Nayara Sales e o namorado garupeiro Allisson Oliveira.
A pilota Nayara Sales e o namorado garupeiro Allisson Oliveira.

Conheci o jovem casal de namorados cearenses Nayara Sales e Alisson Oliveira, pilota e garupeiro. É vocês leram certo, sim! Ela pilota e ele vai na garupa, confiante na pilotagem dela. Ele é um dos seus maiores incentivadores!

Nayara é dona de uma Honda150 há cerca de cinco meses, mas a paixão pelas duas rodas vem desde pequena e nasceu na família “o amor que sinto por elas foi meu pai quem passou. Ele sempre teve moto e desde criança eu ia com ele para todos os lugares. Atualmente meu pai, meu irmão e eu temos moto”, conta.

Neide Pereira é garupa e trabalhou na recepção do Salão.
Neide Pereira é garupa e trabalhou na recepção do Salão.

A pilota também defende a praticidade do veículo “o custo benefício da moto é enorme, porque chego nos lugares muito mais rápido, ganho tempo e gasto pouco”, mas reclama da insegurança e do preconceito no trânsito “aqui em Fortaleza para a moto é horrível. Muitos não te respeitam, te trancam e te dão cortada. Quando veem que é uma mulher que está pilotando, aí é que o preconceito é maior”, desabafa.

Vaidosa, Nayara não despensa cuidados com a beleza e afirma que o fato de andar de moto não complica nada “ao contrário, dá tudo certo. Não saio de casa sem protetor solar e a maquiagem a gente consegue ajeitar, por que o calor é grande”, completa. É Nayara, nós mulheres somos ‘experts’ em dar um jeitinho certo no ‘look’ sem sair do salto, né?

Tudo com o apoio do namorado Allisson Oliveira, que assume o papel de garupeiro, sem problema! O mais bacana é que ele é empresário do ramo de motopeças, juntamente com o pai, admira os modelos esportivos, mas não curte pilotar. Incentiva a namorada, ajudou a escolher a moto dela atual e ainda é garupeiro, com muito orgulho. “Ela anda muito direitinho, sim, pilota 100%! Vou na garupa dela sem problema. Todo mundo acha diferente (risos) e pergunta ‘como assim, você na garupa e ela pilotando?’, mas ‘tá tudo certo”, disse. Allisson finaliza “Nayara fez o que sempre sonhou, que era ter uma moto. Eu apoiei e ajudei. Agora já tem a segurança e mais experiência para andar nesse trânsito. Vou de garupa dela na boa. Ela passou no teste, com louvor!”

Saí do Salão feliz por nós, mulheres, estarmos cada vez mais inseridas no universo da motocicleta no Ceará. Viemos mesmo pra ficar, meninas!

 

Postagens Relacionadas

Leave a Comment