Pombo vence corrida contra a banda larga na Africa

Por essa nem eu esperava. Na África do Sul enviar mensagem através de pombos-correio é mais rápida que via internet banda larga. Foi o que constatou uma empresa de informática que disse ter provado ser mais rápido transmitir informações na África do Sul com um pombo-correio do que usar o principal provedor de acesso à internet do país, Telekom.

A idéia da prova apareceu quando um funcionário da Unlimited IT reclamou da baixa velocidade na transmissão de dados por ADSL. O desafio foi mais ou menos assim:O pombo Winston levou um cartão de memória de quatro gigabytes amarrado em uma das pernas no trajeto de cerca de 80 km entre um escritório da empresa Unlimited IT na cidade de Howick e outro na cidade costeira de Durban e levou 1h08 para que a ave chegasse ao destino e mais uma hora para que o conteúdo do cartão fosse colocado em um computador. Na mesma hora a empresa enviou de um computador no primeiro escritório a outro no segundo os mesmos dados e, (PASME!) apenas 4% deles haviam sido baixados no destino nesse tempo, apesar de ter sido usada banda larga.

Centenas de sul africanos acompanharam os lances da corrida na internet em redes sociais como o Facebook e o Twitter. A Telekom disse que não é responsável pela velocidade baixa da internet usada na empresa. Mas depois da derrota os provedores de internet já estão desafiando o pombo para uma revanche.

Este fato me deu a seguinte idéia: diante de todos os problemas que estamos passando com a internet nunca rápida deste país, vou comprar um pombo e usá-lo quando a rede me deixar na mão. Só peço aos meus destinatários que me devolvam o pombo e que fiquem despreocupados que não enviarei nenhum spampombo.

… é cada uma.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.