PF indicia 20 por fraude contra a Anatel no RS

A Polícia Federal concluiu a investigação que apurou fraude em licitações contra a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Instaurado em maio de 2008, com base em informações e documentos apreendidos na Operação Rodin, o IPL nº 938/2008 identificou esquema onde empresas “sistemistas” utilizaram uma fundação ligada à Universidade de Santa Maria/RS para fraudar processo licitatório em contratos de fiscalização de empresas de telefonia e de elaboração de normas técnicas.

Os contratos executados entre 2003 e 2005 superaram 3,3 milhões de reais. A qualificação do corpo técnico da fundação foi utilizada pelas sistemistas para vencer as licitações, mas o serviço era de fato prestado pelas empresas. Na divisão dos valores recebidos, 52% eram destinados às empresas sistemistas, 10% à fundação e 38% representava o custo operacional dos contratos.

Foram indiciadas 20 pessoas ligadas às empresas, à fundação e Universidade de Santa Maria, sendo que 12 respondem ao processo oriundo da Operação Rodin. O Inquérito foi encaminhado à Justiça Federal de Santa Maria.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.