Pedido de extradição de Julian Assange começa a ser julgado

Começa o julgamento

O pedido de extradição do fundador do Wikileaks, Julian Assange, para a Suécia começa a ser julgado esta segunda-feira no tribunal de magistrados de Belmarsh, em Londres.

Em causa está um mandado de captura europeu (mandado de prisão aqui para nós brasileiros) na sequência de acusações um ato de coerção, dois atos de agressão sexual e um de violação, cometidos em Agosto passado. O mandado levou à detenção do australiano em Dezembro do ano passado, em Londres.

Sabe-se que a defesa de Assange deverá alegar “abuso de direito” por parte da justiça sueca para evitar a extradição, uma vez que apenas existe uma mera suspeita dos crimes. Os advogados do jornalista dizem, ainda, que há um “risco real” de Assange, uma vez na Suécia, ser extraditado para os Estados Unidos e poder acabar na base de Guantanamo.

O fundador do Wikileaks está sob a mira da administração norte-americana depois de ter divulgado milhares de documentos classificados da diplomacia dos EUA através daquele site.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment