DESTAQUES Motociclismo 

Motociclista: Como anda o seu coração?

UBAJARA 4 062 - Cópia
Dr. Adriano e esposa, a psicóloga Aline Rios – ao centro – em palestra no Ubajara Moto Indoor 2015

Aquele que nos traz emoção também pode nos deixar na mão sem avisar. O coração é o primeiro órgão a bater e o último a parar e, assim como a sua moto, também precisa de manutenção.

Pequenos sinais podem ser o aviso de que algo não vai muito bem, mas pode não aparecer sinal algum.

Numa moto sua pressão irá subir, os batimentos cardíacos passarão de 130 batimentos por minuto, mais adrenalina estará sendo injetada na rede sanguínea, músculos contraídos e seu cérebro totalmente ligado esperando pelo pior.

Está montada a cena de um estado de estresse. No final, essa aparente situação de risco se transforma em um relaxante prazer de quem andou no limite. Mas, aquilo que te dá prazer, pode, no minuto seguinte, te matar.

Recentemente, um amigo,  também jornalista e motociclista, passou mal e teve que dar entrada no hospital. Depois de quase ter morrido, algumas cirurgias feitas, um marca-passo e de muitas orações de lá saiu sabendo que nunca mais andaria numa moto.

Hoje continua no jornalismo especializado em motos, mas aquela sensação de adrenalina e prazer sobre duas rodas, talvez, nunca mais.

Conversamos com o cardiologista e motociclista, Dr. Adriano de Melo. Ele gentilmente gravou um vídeo alertando você sobre os cuidados importantes para que rode feliz e com saúde.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.