CARBURADA Motociclismo 

Motociclismo: Cearense estabelece recorde da pista em Curitiba na GPR 250

José Duarte crava melhor volta e bate recorde na GPR 250
José Duarte crava melhor volta e bate recorde na GPR 250

Com a marca de 1min 42,510s, o piloto cearense José Duarte (Blinclass/Shark) encerrou sua participação na primeira etapa da temporada 2015 do Moto 1000 GP, o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, na categoria GPR 250.

A melhor volta deu ao atleta o novo recorde oficial da pista de Pinhais, fato que comprova a competitividade de Duarte na categoria.
A prova, disputada na manhã deste domingo (03), no Autódromo Internacional de Curitiba, localizado em Pinhais (PR), foi vencida pelo paulista Ton Kawakami e José Duarte chegou na sexta colocação, e somou 11 pontos na classificação-geral, 10 pela posição e mais um da melhor volta, empatando com Brian David na quinta colocação.
A corrida, a mais disputada do dia, teve sete pilotos na liderança (José Duarte, Guilherme Brito, Ton Kawakami, Brian David, Giovandro Tonini, Meikon Kawakami e Rafael Traldi), dentre eles o representante do Ceará, que andou sempre entre os cinco primeiros, disputou curva, foi tocado, mas mostrou garra ao fechar a penúltima volta cravando o melhor tempo da etapa.
Nem mesmo a marca deixou satisfeito o piloto do Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros que espera um melhor resultado na etapa de Cascavel, dia 31 de maio, uma pista a qual gosta de correr.
“Não posso dizer que estou satisfeito pois sei que poderia ter chegado em uma melhor posição. Embora tenha liderado, andado forte e marcado a melhor volta da prova, eu queria mais. O que devo fazer é aumentar ainda mais o rigor de minha preparação, vou buscar me superar. A temporada só termina na última corrida do ano e até lá temos muita gasolina para queimar. Vou buscar um resultado melhor em Cascavel”, disse José Duarte.
Wagner Duarte, pai de José, e também piloto avaliou a corrida e também aposta em um bom resultado na segunda etapa do ano, destacando a evolução do jovem competidor com sua moto.
“Ele evoluiu bastante, a corrida estava bastante embolada, com muitas disputas e uma diferença mínima do primeiro ao sétimo, e essa disputa acirrada acabou atrapalhando um pouco. O Duarte saiu de sétimo para primeiro, liderou a corrida, ficou ali brigando entre os cinco primeiros em uma batalha intensa, até que um piloto forçou a ultrapassagem, tirando um pouco da briga, mas, na volta seguinte ele reagiu e foi o mais rápido da corrida. Na penúltima volta ele tomou um toque na disputa de uma curva, o que lhe custou um pódio. Agora é avaliar o que foi feito, ver onde ele pode melhorar e esperar a segunda etapa em Cascavel, uma pista que ele gosta muito”, avaliou Wagner.
A segunda etapa da competição acontece dia 31 de maio, em Cascavel (PR).
Confira o resultado final na GPR 250:1º) Ton Kawakami (SP/Playstation-PRT), Honda, 20min54s859
2º) Meikon Kawakami (SP/Playstation-PRT), Honda, a 0s121
3º) Rafael Traldi (SP/Motonil Motors-PDV Brasil), Kawasaki, a 0s909
4º) Guilherme Brito (SP/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, a 0s945
5º) Brian David (GO/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, a 1s271
6º) José Duarte (CE/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, a 1s303
7º) Hebert Pereira (RS/Motonil Motors-PDV Brasil), Kawasaki, a 19s913
8º) Gustavo Gil (SP/Tecfil Racing Team), Kawasaki, a 31s102
9º) Felipe Gonçalves (PR/Paulinho Superbikes), Honda, a 1min07s563
10º) Jonathan Esquivel (ARG/Grinjets), Kawasaki, a 1min08s069
11º) Diogo Nascimento (SP/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, a 1min08s330
DESCLASSIFICADO
Giovandro Tonini (RS/Santin Racing), Honda
Melhor volta: Duarte, na 12ª, 1min42s510, média de 129,763 km/h

Texto e Fotos : Robério Lessa.

 

Postagens Relacionadas

Leave a Comment