DESTAQUES Tem Mulher na Estrada - Cláudia Leite 

Como arrumar os cabelos para andar de moto? Moto e liberdade para os nossos cabelos.

DSC_4647
Com o coque pronto, vista a balaclava começando pela testa em direção ao pescoço, de cima para baixo.

“Cabelo, cabeleira… descabelada? Quem disse que cabelo não sente? Quem disse que cabelo não gosta de pente? Cabelo vem lá de dentro, cabelo é como pensamento… Cabelo pode ser cortado, cabelo pode ser comprido, cabelo pode ser trançado. Cabelo com orgulho é crina! Cabelo pode ser tingido, aparado ou escovado. Cabelo pode ser bonito cruzado, seco ou molhado”. Pois é, meninas! O amor que temos por nossas madeixas existe desde que o mundo é mundo (Lembra da Eva, a primeira de nós todas, a ‘poderosa’ no paraíso, com seu cabelo que ia até quase o pé?), pois ele é nosso cartão de visita, expressa quem somos e , vamos combinar, é uma das nossas poderosas armas de sedução, como também inspiração para as artes, como no trecho acima do grande sucesso ‘Cabelo’ da cantora Gal Costa. Sem falar que estamos dispostas a investir muito para mantê-lo lindo, sedoso e poderoso – O NOSSO CABELO!

Pois bem! Existe no motociclismo a ideia (errada e provarei!) de que nossas madeixas e capacete não combinam e que vivem em guerra declarada, pois o uso continuado do segundo estragaria as primeiras, por conta do calor e da transpiração, deixando-as desarrumadas, desidratadas, oleosas e/ou ressecadas e sem vida! Tudo o que nós não queremos! Assim muitas garupeiras torcem o nariz quando se fala em viajar de moto; outras nem querem saber de um simples passeio ; há aquelas que encaram por que amam demais estar numa moto e acabam prejudicando mesmo o cabelo e por fim, poucas que descobriram o segredo e estão por aí livres, leves soltas andando de moto e com os cabelos em dia!

DSC_4645
Os tres grampos posicionados corretamente no coque unem as madeixas com segurança para o uso correto da balaclava e do capacete.

Isso acontece por desinformação! Mãos a obra por que fácil de resolver e vamos fazer agora. O Capacete e nossos cabelos podem conviver harmoniosamente, sim! O contrário é mito e a prova está aqui. O ‘segredo’ é a combinação do uso da balaclava e três grampos de cabelo! Vocês agora me perguntam: Como assim, balaclava e três grampos de cabelo ? Só isso? Mas, como faz? É o que mostrarei a partir de agora, prá que não percam mais um passeio ou viagem de moto, cheguem onde for poderosas e seus cabelos estejam cada dia mais a cara de vocês, ou seja, lindos!

A balaclava é um espécie de ‘gorro’ que se veste de forma ajustada na cabeça até o pescoço. Os pilotos profissionais sempre a utilizaram e os que usam moto por lazer já conhecem há um bom tempo. Agora chegou nossa vez, garotas, de usufruir os benefícios dessa maravilha juntamente com apenas três grampos, principalmente para manter a saúde e beleza dos nossos cabelos.

DSC_4642
A balaclava envolve toda a cabeça, orelhas, pescoço e o cabelo preso no coque, formando um bloco seguro para receber o capacete.

Ela pode ser confeccionada com malha de lã, misturada com fibras elásticas e materiais isolantes térmicos para proteção do frio ou ainda com tecido ‘Dry Fit’, ideal pra climas quentes como o nosso, pois é leve e possui materiais em sua composição que permitem, aceleram e absorvem mais rapidamente a transpiração. Sua função tradicional é aquecimento e/ou alívio do calor da cabeça do piloto e servir de ‘meia’ no capacete, protegendo as orelhas, o cabelo e o sistema de intercomunicação que o piloto estiver usando. Existe em várias cores e modelos e facilmente encontrada em lojas para motos e internet. Prefiro a que livra os olhos e a boca, pois realça a maquiagem (sempre lápis preto e delineador, ambos à prova d’água, por causa do suor) e batom (que dura cerca de oito horas, não borra, tem fator de proteção solar e fixa por mais tempo).

DSC_4640
O coque sempre ficará o mais próximo possível da nuca, para livrar o capacete e evitar compressão e dor.

Um lembrete, meninas: como tudo na vida é hábito e treino, assim também acontecerá com o uso da balaclava e os grampos. Vejam como é simples vestir nossa mais nova amiga, em seguida o capacete e pronto: cabelos protegidos e seguramente charmosos, como as donas, onde vocês estiverem!

Vamos lá:

Façam um coque na altura da nuca e prenda-o com o primeiro grampo na parte de cima. Em seguida, fixem o segundo grampo embaixo, perto da nuca. Por fim, o terceiro grampo no meio do coque. Agora´é só vestir a balaclava, o capacete,montar na moto e ganhar o mundo!

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.