Microsoft prevê mais um ano de dificuldades

Parece que as esperanças da Microsoft de recuperação de imagem e lucros é mesmo o Windows 7. A empresa aposta que alguns usuários adiem a compra de novos computadores para esperar pelo Windows 7, que deve ser lançado no início de 2010.

O vice-presidente de finanças da Microsoft prevê pelo menos mais um ano de dificuldades em todas as áreas, já que a economia americana não está mostrando sinais imediatos de recuperação.

A Microsoft confirmou, em anúncio separado, que reduziu as taxas pagas às agências que lhe fornecem mão-de-obra temporária, alegando que isso é parte de um amplo plano de corte de custos anunciado em janeiro, que prevê a demissão de 5 mil funcionários ao longo dos próximos 18 meses acrescentando que os cortes não afetavam os trabalhadores mais capacitados, como programadores.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.