Microsoft cobrará por atualizações do Windows 7 para netbook

As ações da Microsoft registraram queda de mais de três por cento depois que Ballmer, presidente da companhia, pôs fim às esperanças de alguns investidores quanto a cortes de custos acelerados mesmo depois da Microsoft ter anunciado planos para demitir 5 mil funcionários, em 22 de janeiro, como parte de um plano anual de economia de custos de 1,5 bilhão de dólares.

A Microsoft culpou os netbooks por seu lucro trimestral inferior ao esperado, mas um mês depois disse que planeja lançar uma versão barata do Windows 7 para os mini-portáteis e facilitar aos usuários a atualização para edições mais caras.

A Microsoftcontinua interessada em uma parceria com o Yahoo e não na sua aquisição para concorrer com o Google. O objetivo é aumentar a receita média por netbook ao persuadir os usuários a pagarem uma atualização de versões mais básicas do sistema para terem acesso a recursos incluídos em edições mais caras do produto.

A medida é antipática, principalmente depois da grande rejeição ao Vista, pois gera limitação da funcionalidade das edições mais simples do Windows 7. Uma das restrições será o número de programas que o usuário poderá abrir em seu netbook ao mesmo tempo. A Microsoft espera receber cerca de 35 dólares por cada netbook vendido com o novo Windows instalado. O Windows 7 deve ser lançado em janeiro de 2010.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.