MetroAju conecta instituições de ensino sergipana a 1 Gbps

A Rede Metropolitana de Aracaju, a MetroAju, uma rede óptica de alta velocidade construída para interligar Instituições de Ensino Superior (IES) e centros de pesquisa, será inaugurada no dia 14/9.

A MetroAju faz parte do projeto Redes Comunitárias de Educação e Pesquisa (Redecomep), uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) patrocinada pela Financiadora de Estudos e Pesquisas (Finep).

O projeto Redecomep é coordenado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), responsável pela operação da rede acadêmica brasileira, a Rede Ipê, uma infraestrutura que interliga cerca de 600 institutos de educação e pesquisa em todo o país.

Os números da rede

A MetroAju tem 28 km de extensão e os investimentos para a construção são da ordem de R$ 400 mil. As instituições conectadas pela rede são: a Universidade Federal de Sergipe (UFS); o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IF-SE); a Escola Agrotécnica Federal de São Cristóvão e a Empresa Brasileira de Agropecuária (Embrapa – Tabuleiros Costeiros).

A rede interliga as instituições a uma velocidade de 1 Gbps, podendo ser ampliada para 10 Gbps futuramente. Uma conexão dedicada apenas as IES e centros de pesquisa possibilita o uso de ferramentas avançadas de comunicação, o compartilhamento de arquivos e o desenvolvimento de projetos com a colaboração de pesquisadores de diversos pontos do Brasil.

A iniciativa Redecomep prevê a implementação de 27 redes de alta velocidade nas cidades que abrigam os Pontos de Presença (PoPs) da RNP. Além disso, está em curso uma expansão do projeto, que levará tecnologia óptica para dez cidades do interior do país que contam, pelo menos, com uma IES e um centro de pesquisa a serem conectados.

Atualmente, há 13 redes metropolitanas em operação. Já foram inauguradas: Belém, Vitória, Manaus, Florianópolis, Brasília, Natal, São Paulo, Fortaleza, Macapá, Goiânia, Campina Grande, Salvador e Cuiabá. A perspectiva é de que as 27 estejam operando no segundo semestre de 2010.

O que é a RNP?

A RNP opera a rede acadêmica nacional, a rede Ipê. Sua missão é promover o uso inovador de redes avançadas no país. Mantida pelos Ministérios da Ciência e Tecnologia e da Educação, atua no desenvolvimento e na prestação de serviços em três áreas: infraestrutura de redes de alto desempenho, aplicações avançadas e formação de recursos humanos em redes.

A rede Ipê é uma infraestrutura de alto desempenho para colaboração e comunicação em educação e pesquisa que alcança os 26 estados da federação e o Distrito Federal, interligando cerca de 600 instituições de ensino superior e de pesquisa e beneficiando mais de um milhão de usuários. A RNP está conectada às redes acadêmicas latino-americana (Rede Clara), européia (Géant) e norte-americana (Internet2), além de ter conexão própria à Internet mundial.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.