Aventurismo & Mototurismo DESTAQUES 

MC FAMÍLIA – Conheça o ALPHARIDERS MC de São Luis / MA

(*) Em parceria com Ismael Andrade

IMG-20150629-WA0015[1]Afonso é o pai e tem 54 anos, Walter, Flávio, Neto e o Carmelindo são os outros membros do motoclube. Em comum além da paixão pelas motocicletas o fato de serem todos da mesma família. E aqui outra semelhança – o nome ALPHA está relacionado à empresa. No nome ALPHARIDERS, o ALPHA vem da empresa que também é familiar.

A primeira moto, ou melhor, o vírus do motociclismo entrou na família pelo pai – Afonso. Sua primeira moto foi uma HONDA CG 125, ano 1980. Depois mudou para uma HONDA ML 125, ano 1982. Mais tarde o estilo mudou e chegou a Vespa 200. Nesta fase os meninos ainda não eram nascidos.

IMG-20150629-WA0010[1]Algum tempo depois do nascimento dos novos membros do MC Afonso chegou a vez de mudar novamente de estilo e a moto da vez foi uma YAMAHA LANDER 250 a qual rodava muito pouco, pois meus companheiros ainda eram pequenos. Foi então que o caçula – todo caçula é rebelde – o qual sempre se identificou muito com Afonso na parte aventureira resolveu incentivar a comprar a primeira moto de alta cilindrada, convencendo a mãe, que sempre foi contra, por medo dos acidentes. Enfim era chegada a hora de andar em uma HONDA VARADERO 1000 VERMELHA.

Como recompensa compra para o Walter uma HONDA HORNET. Daí começou o gosto dos outros pelo motociclismo. No ano seguinte chegou outra HORNET desta vez para o Flavio e uma nova HONDA CBR 1000 R para Walter, que cedeu a sua HORNET, mais antiga, para o Neto. Porém Afonso não conseguiu se adaptar à VARADERO a qual foi trocada pela BMW R1200 RT.  Mas ainda tinha a moto mais desejada por Afonso – a Goldwing. Para ele “a melhor moto do mundo, sem dúvidas”. Venderam a Hornet mais antiga e assim conseguiram comprar a sonhada GOLDWING. Como quase todos já possuíam suas motos, faltava apenas o Carmelindo que teimou em comprar uma moto que não seria uma boa escolha para baixinhos. E não deu outra – dois tombos depois resolveram mudar novamente a configuração do MC e compraram outra Turing, pois chegaram ao consenso que a vocação da família era a estrada. A moto foi uma BMW K1600 GTL que foi entregue para o Walter. Alguns ajustes depois a configuração final, pelo menos por enquanto ficou assim:

Afonso (pai) – Honda/Goldwing
Walter (filho) – BMW/K1600 GTL
Flávio (filho) – BMW/F800 GS
Neto (filho) – BMW/R1200 RT
Carmelindo (filho) – Honda/CBR 1000R

IMG-20150629-WA0014[1]O ALPHARIDERS já visitou várias cidades, dentre elas, Parnaíba, Teresina, Belém, Morros, Barreirinhas, Carolina, Tianguá e pretendem fazer uma viagem longa para o sul do Brasil, passando pela Serra do Rio do Rastro e quem sabe até saindo do país.  Uma coisa é certa, saudade da família não vai rolar pois estarão todos juntos. E por falar em ‘todos juntos’ essa história de que hierarquia é posto não é bem assim. Segundo Afonso eles não tem nenhuma regra quanto a quem puxa o comboio. Mas todos respeitam quando o patriarca se manifesta a vontade de ser ferrolho ou o capitão-de-estrada; afinal de contas ele é o patriarca e em motociclismo experiência é posto.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.