MARKETING: Em defesa da Ovelha Negra

O conhecimento é uma face de muitos ouvidos!

“…você é a ovelha negra da família!” Ditado popular!

Nem sempre a voz do povo é a vos de Deus! Todo mundo repete uma expressão sem às vezes saber o que realmente significa de onde vem e por que é assim. Com a expressão Ovelha Negra é a mesma coisa.

A história conta outra versão:

A expressão originou-se através dos pastores de ovelhas. Mas precisamente entre os mercadores de lã. A maioria das ovelhas era de lã branca. A lã branca permitia que fosse tingida em várias cores. As ovelhas negras só poderiam ser como eram: negras. Por isso não eram tão populares e sua lã valia pouco. Até que uma dessas madames nobres de algum feudo distante achou lindo ter todas as suas vestes em lã negra autêntica. Aí começou a redenção da ovelha negra. De rejeitada passou a valer muito por ser rara. Antes era a primeira a virar churrasco, depois disso passou a ser a última a morrer. Morria de velha. Tão velha que ninguém comia a sua carne pois a lã valia muito dinheiro!

Assim é no marketing. A batalha de percepções, pode, de uma hora para outra, como por milagre, transformar o destino de produtos que até algumas horas atrás eram tidos como azarões em raridades absolutas.

Os perfumes franceses eram fortes para amenizarem o hábito dos nobres de não gostar de tomar banho. De remédio contra a inhaca virou o perfume mais confiável do mundo.

As fábulas falam por si só. O Patinho Feio que virou cisne. A Bela que casou com a Fera. A Gata Borralheira; a Era do Gelo(todo mundo torcia pelo esquilo que passava o filme caçando a noz); O Três Porquinhos; O Lobo Mau e o Chapeuzinho Vermelho.. e tantas outras.

Trazendo para a linha de produtos comecemos pelo Fusca! Chamado inicialmente de Volkswagen (Carro do Povo), este besouro inspirou o mundo todo: Beatles Forever! Juscelino, Itamar Franco. Até a publicidade cresceu com esse ‘besouro-feio’. Um dos melhores anúncios do mundo tinha no antagonismo seu maior argumento: Think Small! O Fusca era feio, mas as suas qualidades o fizeram sero primeiro carro da família e o de muito garotão. Quem amava o feio Fusca, bonito lhe parecia. Assim o Fusca sobreviveu e sobrevive há décadas!

O vinagre , chamado de ‘mau-humor do vinho’ vende mais no mundo que todos os vinhos de todas as marcas juntas. Imagine a humanidade sem o sal, mau-humor do açúcar. Para cada quilo de açúcar dois e meio quilos de sal são produzidos. Ainda tem o ditado matrimonial que dita a regra da intimidade: “Você só conhece alguém depois que comer um quilo de sal com ela/ele.” O salário? Vem da palavra sal. Assim os soldados romanos (escravos ou não)eram pagos. Com sal!

O SeaBiscuit era um cavalo de pernas tortas e baixinho. Ruim de rédeas e arisco. Mas ganhou tudo que correu. Mesmo depois de ter quebrado a perna e de ter escapado de ser sacrificado o pequeno SeaBiscuit voltou às pistas e ganhou de novo. Aposentou-se sem herdeiros pois era muito baixinho para cobrir éguas de porte. Na época inseminação era coisa de ficção científica.

Garrincha! O herói das pernas tortas! Alguém daria uma oportunidade hoje a um jogador de pernas tortas?

Rita Lee, Che Guevara… e por aì vai!

Nem sempre as ovelhas negras são tão ruins como parecem. Falta marketing. Falta gerar demanda.

E assim nasceu o Markerting: Mercúrio. O mensageiro alado. Filho de Zeus e Hera. deus do comércio, padroeiro dos ladrões, dos jogadores, e de todos aqueles que iludem com a velocidade. No mesmo dia em que nasceu,Mercúrio ou Mercur(Hermes), inventou a lira; à noite já tinha roubado as ovelhas de Apollo (o mais belo dos deuses). Ele percorriaveloz o mundo, assumindo a forma que desejasse. Como metal líquido do qual recebeu o nome, ele personifica o impalpável-o poder da informidade e da adaptação. Dele nasceram as guildas que encantaram os franceses que a rebatizaram de marché(suas feiras eventuais), que deslumbraram os ingleses que a chamaram de market e que inspiraram os americanos a acreditar que isso deveria ser feito sempre, todo dia, a toda hora e assim, aquilo que nasceu de um ladrão, de uma ovelha negra, prosperou como a ciência mais encantadora do mundo: o marketing! Amem e odeiem, mas nada de sucesso neste mundo é feito sem ele.

A Bíblia , o livro mais vendido no mundo e o primeiro a ser impresso em série pela genialidade de Guttemberg, promete a Vida Eterna! É a mesma mensagem há mais de dois mil anos. Ninguém voltou nem pra confirmar e nem pra desdizer, mas todos nós acreditamos no que nela está escrito. Isso é também a Fé e Fé é modelo de comportamento e comportamento é Marketing!

É o Marketing que dita o ritmo desse planeta chamado Terra. Como toda ciência, se não usado de forma equilibrada, a mesma força que constrói ajuda a destruir na mesma proporção.

Você é o que pensa e o marketing a ferramenta que junta todos os pensamentos para formar um mercado. Por isso o planeta Terra está entre Mercúrio(Marketing) e Marte(guerra). Resta-nos equilibrar essas forças.

O conhecimento é uma face de muitos ouvidos, que tudo escuta, e que busca soluções para todas essas dúvidas, que só a boca do Marketing, consegue entender, explicar e propagar.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.