DESTAQUES Mercado 

Mais um ano de queda nas vendas de motocicletas.

yamaha-factor-150-2016-23-620x413A produção de motocicletas, no acumulado do ano (janeiro a setembro) apresentou queda de 31%, passando de 1.032.715 (2015) para 712.870 (2016) – atingindo o menor patamar desde 2003, com 741.929 unidades. Os números foram divulgados hoje, em São Paulo, pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

 

No varejo, a média diária de vendas de motocicletas caiu 4,3% entre agosto (23 dias úteis) e setembro (21 dias úteis), passando de 3.324 para 3.182 unidades. Quando comparada à média diária do mesmo mês de 2015 (4.521 unidades/dia em mês com 21 dias úteis), verifica-se um declínio de 29,6%.

Na comparação mensal, os licenciamentos desaceleraram 12,6%, considerando as 66.822* motocicletas comercializadas em setembro, ante 76.460, em agosto. Já no acumulado (janeiro a setembro), a retração foi de 27,1%, passando de 942.581, em 2015, para 687.280, em 2016.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment