DESTAQUES Teste de Motos 

Kawasaki Vulcan 900 Custom – Motonline

por Bitenca |

A Vulcan da Kawasaki foi uma das primeiras a desafiar o reinado das HD nas customs. Nas 500 são dois cilindros paralelos, das 750 em diante são em V. Há muitas rodando pelas ruas brasileiras, mas as únicas disponíveis atualmente pela Kawasaki do Brasil são as 900cc. São três: a Classic, Classic LT e essa que testamos agora, a Kawasaki Vulcan 900 Custom. Considerado como um dos modelos mais sofisticados dessa categoria.

Kawasaki Vulcan 900 Custom, no estilo mais radical que ela adquiriu nesses anos todos

Arrefecimento a líquido no motor, transmissão por correia, um estilo único e arrebatador com essa roda aro 21, de liga leve de 18 palitos, dois a dois na frente, que chama muita atenção.
O tanque é claramente um legítimo “elongated teardrop“, daqueles que assemelham a uma gota alongada e com a parte rebaixada, mais próxima ao banco, remete às antigas, que tinham tanque em duas metades, interconectadas.

As linhas do chassi se encontram com o triângulo da balança traseira dormando um único triângulo para se assemelhar a um chassi "rabo duro"

O chassi, tem as linhas dos tubos que descem por baixo do tanque, até a roda traseira em uma única reta, lembrando muito as “hard tails“, feitas com chassi artesanal. As pequenas laterais da cor da moto ressaltam essa triangulação sob o banco, que bastante largo oferece máximo conforto.

Guidão Drag Bar parece na verdade o simbolo Pi

Para um garupa, o banco está adequado, mas poderia ser um pouco mais largo, ele tem boa angulação (não se inclina para trás) e dá bom suporte com boa posição para os pés do passageiro.
As pedaleiras adiantadas põem os pés ao vento e nas curvas, o raspador avisa quando o limite da inclinação está perto.

Em curvas mais fechadas você chega logo nas raspadeiras

Os longos escapamentos negros valorizam ainda mais o visual do V2, com o filtro redondo ao meio e as aletas dos cilindros em alumínio polido, ela é verdedeiramente uma custom das mais refinadas em termos de visual.
Mas não é só isso, o guidão estilo “Pull back Drag Bar” arremata o toque selvagem desse modelo, formando linhas limpas e simples com as bengalas bem distanciadas e o farol centralizado que por sinal tem boa iluminação. Na traseira, o pneuzão de 180mm de largura ajuda bastante e também, completa o visual “custom drag” dessa moto.

Sob a moto é visível o link da suspensão Unitrak, com 100mm de curso oferece bastante conforto, mantendo a moto sempre alinhada mesmo em trechos ruins - Um destaque para essa custom

Dando a partida no motor o som grave não vem acompanhado de nenhuma vibração. Muito suave, a rotação desse V2 que sobe de forma linear e bastante controlada. A injeção eletrônica põe o motor a girar de forma muito progressiva e suave. As cinco marchas se adequam facilmente na ampla gama de velocidades que a moto é capaz, mantendo sempre o motor com força e pronto para responder a qualquer demanda do acelerador. A transmissão por correia deixa a roda sempre acoplada ao motor, sem nenhuma folga ou ruído.

O disco de 300mm de diâmetro na dianteira controla a moto com facilidade

Nas curvas a roda 21″ faz bem o seu papel de manter a frente sob controle e o freio único dianteiro, com 300mm de diâmetro e pinça de dois pistões vem com força para controlar a velocidade, mas também a traseira, por ter o viés de peso deslocado para ela e com esse grande pneu, exerce uma grande função nas diminuições de velocidade, tanto quanto nas acelerações.

Geometria radical em termos de custom, a roda 21" alivia o peso que o Rake e trail determinam na frente,

A frente se adianta bastante com um ângulo de rake de 33º e um trail de 182mm. Isso aliado ao enorme vão entre as rodas, de 1.650mm resultaria em uma moto extremamente estável nas retas e a Vulcan 900 Custom se comporta assim mesmo. Também seria de se esperar um grande peso na direção, se não fosse o papel importante que faz a roda grande na dianteira. Bastante em voga hoje em dia nas choppers e baggers, esse tipo de rodagem dianteira, antes quase exclusivo para as motos off-road, proporciona leveza para a direção em uma moto, que por tantos outros motivos teria uma direção pesada para se piotar.

Uma moto Custom tem sempre um toque de rebeldia e a Vulcan 900 Custom se encaixa perfeitamente nesse perfil. Com muita criatividade os engenheiros da Kawasaki souberam como adicionar características essenciais ao produto sem se perder em concepções antigas e tecnologia ultrapassada, a um preço bastante competitivo: R$34.026,00 (tabela FIPE de Abril/2015).
Prova disso é o motor V2 SOHC (comando simples no cabeçote), com quatro válvulas por cilindro e uma relação diâmetro x curso do pistão bastante agressiva (diâmetro um pouco maior que o curso) para a categoria. O sucesso das Vulcans continua…

ficha-tecnica

banner-classificados

Imagem1

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.