iPod queimado:Família afirma ter recebido proposta de sigilo

Ken Stanborough ouviu o iPod emitir um barulho estranho e jogou o aparelho. “Senti que ele estava ficando quente e achei que estava saindo vapor. Em 30 segundos ouvi um estalo, vi fumaça e o iPod voou cerca de 3 metros”, disse o pai de Ellie, 11 anos, a dona do tocador modelo touch.

Este foi o relato de uma família britânica que afirma ter a Apple proposto um acordo de confidencialidade para manter em segredo a explosão do iPod comprado para uma garota de 11 anos. A proposta, dizem os Stanborough, foi feita após a família entrar em contato com o fabricante e a loja Argos, exigindo um reembolso pelo tocador de 162 libras (cerca de R$ 500).

Segundo o jornal “Daily Mail”, depois de conversar com um executivo da Apple, afirmou, ele recebeu uma carta em que a companhia negava responsabilidade pelo ocorrido, oferecia o reembolso e se aceitasse deveria manter sigilo sobre o fato sob pena de serem processados. “Considerei a carta perturbadora”, afirmou Stanborough, que se recusou a fazer o acordo. “É espantoso. Não pedimos uma recompensa, só queríamos nosso dinheiro de volta”, disse Stanborough.

A Apple tentou manter em segredo outros casos em que clientes relataram superaquecimento do tocador digital iPod.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.