Iomega Screenplay HD de 500Gb

Quem usou o ZIPDrive da Iomega deve lembrar-se como aquele produto era útil e quebrava um ‘galhão’ quando precisávamos transportar arquivos grandes.

O Zip drive era um sistema de disco removível de média capacidade e foi introduzido pela Iomega em 1994. O Zip Drive era baseado no sistema Bernoulli Box da própria Iomega; em ambos os sistemas, um jogo de cabeças de leitura/gravação montado em atuadores lineares flutuando em cima de um disquete girando rapidamente montado em um cartucho reforçado. O Zip Drive usava mídias menores do tamanho do antigo disquete 3.5″.Quando foi lançado logo caiu nas graças dos usuários. Foi como se juntasse a ‘fome com a vontade de comer’. Ele armazena muito mais dados que um disquete comum , muito mais rápido que um floppy drive, porém mais lento que os HDs. O primeiro Zip Drive tinha uma taxa de transferência de dados de cerca de 1 Mb/s e um tempo de busca de 28 milissegundos em média, comparado aos 500 Kbit/s de taxa de transferência de um disquete de 1.4 MB e centenas de milissegundos quando a função era buscar.

[photoframe size=large desc='NORMAL' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='iomega11.jpg']

Entre os anos de 1999 e 2003 as vendas de Zip drives e discos despencaram. Em setembro de 1998 a Iomega sofreu um duro golpe com a ação judicial coletiva em razão de uma falha do disco Zip. Além do mais, os discos Zip também tinham um custo alto por megabyte se comparados aos custos cadentes de CD-R e a tecnologia de DVD±RW. Os fornecedores de discos Zip eram, além da Iomega, a Fujifilm, Verbatim, Epson e Maxell.

Hoje quase ninguém mais usa tais tipos de drives, mas a Iomega continuou no negócio armazenamento de dados aliado a transporte fácil com a praticidade. A novidade que a Iomega está trazendo para o Brasil é o Iomega Screenplay HD de 500Gb. O produto, vendido nos USA por cerca de US$ 149,00 deveria chegar ao Brasil na faixa de R$ 599,00. Mas, segundo informou o T-Roadman as Americanas estão praticando o valor de R$ R$ 1.549,00 em 12 de R$ 141,92, preço bastante salgado.

[photoframe size=large desc='REPEAT ONE' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='iomega2.jpg']

Testei um brinquedinho destes. Vale destacar que ele é um HD externo de boa capacidade (500Gb), que pode ser utilizado como backup dos seus dados e ainda serve como um eficiente player para as suas músicas, fotos e vídeos pois é pré-programado para reproduzir os formatos MPEG-1, MPEG-2 (AVI/VOB), MPEG-4 (AVI/DiVX 3.11, 4.x, 5.x/XViD)-para vídeo e áudio nos formatos MP3, AC3 (Dolby® Digital encoding), WMA, WAV, OGG. As fotos podem ser reproduzidas apenas no formato JPEG. Senti muito ele não rodar arquivos RMVB e RM.

[photoframe size=large desc='REPEAT ALL' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='iomega4.jpg']

O brinquedinho da Iomega vem com controle remoto, fonte externa, cabos USB e cabos de vídeo composto, vídeo componente e um cd de instalação que traz um programinha que facilita o manuseio e a transferência dos arquivos. Você pode conectar por vídeo composto e audio R/L; video componente: Y, Pb, Pr (PAL upscaling to 720p; NTSC 480i/480p); coaxial S/PDIF output e SCART (RGB).

[photoframe size=large desc='SHUFFLE' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='normal_iomega12.jpg']

O teste foi realizado em dois tipos de aparelhos de TV. Uma LCD Bravia da Sony que, pelas razões óbvias de compatibilidade e pré-ajustes, funcionou bem. Mas eu queria testar em outra condição. Peguei uma TV CRT Toshiba de 20″ e conectei através de vídeo composto e no home theater a trilha de áudio. O aparelho foi ligado e as demais operações foram realizadas via controle remoto. Para meu espanto a imagem e o som gerados estavam bons. O vídeo usado (A História da Motocicleta) foi baixado do You Tube e depois convertido para o formato AVI. O vídeo possuía 5 partes de um total de 43 minutos. Um dos recursos interessantes deste equipamento é que ele muda de programa automaticamente ou com apenas um toque e é bem rápido. Por exemplo, no caso do documentário, regulei o intervalo para um segundo. Quando terminava uma parte, imediatamente entrava o seguinte. A câmera lenta é perfeita e o avanço rápido não gera ruído na tela e o melhor: não trava.

[photoframe size=large desc='SHUFFLE REPEAT' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='normal_cnt-coaxial.jpg']

Há cinco modos disponíveis de reprodução:

— Reproduz todos os arquivos da lista de reprodução em seqüência do primeiro para o último

(Repetir um) — Reproduz o primeiro arquivo repetidamente; pressione Next (Avançar) para repetir o arquivo seguinte. Este modo é útil especialmente para apresentações.

(Repetir todos) — Reproduz todos os arquivos no modo normal e repete toda a lista após a reprodução do último arquivo.

(Aleatória) — Reproduz todos os arquivos da lista de reprodução aleatoriamente uma única vez.

(Repetição aleatória) — Reproduz todos os arquivos da lista de reprodução em modo aleatório e repete a lista após todos os arquivos serem reproduzidos uma vez.

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='normal_view_detail.gif']

Quando o ScreenPlay é conectado a uma TV, o modo padrão lista arquivos e pastas em uma visualização detalhada. Nesta visualização, o nome da pasta aparece na parte superior da tela, com os arquivos e pastas disponíveis listados abaixo dele. O item selecionado será destacado com uma barra cinza. O número total de itens e o número do item selecionado são listados no canto superior direito. As informações sobre o item selecionado são exibidas no canto inferior direito.

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='normal_view_thumbnail.gif']

Já para a visualização das fotos ele mostra o conteúdo em miniaturas e você pode optar por outros modelos de exibição do conteúdo. O design do Iomega Screenplay HD é moderno e se ajusta facilmente a maioria dos móveis sem destoar do conjunto. Posso dizer que é discreto, elegante e se você afastar um pouquinho ele da TV logo chamará a atenção de algum visitante que vai perguntar: – ” o que é isso? Um receptor de TV a Cabo?” . A Iomega pensou em uma coisa que muitos esquecem: um suporte para o controle remoto que evita a perda do acessório. Basta inseri-lo na parte inferior do Screenplay. Senti falta do botão REC presente no modelo de 1Terabite.

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='normal_iomega10.jpg']

Controles

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='iomega5.jpg']

1. Receptor remoto.

2. LED indicador

3. LED de acesso e alimentação

4. Botão Standby

5. Play/Pause

6. Botões de navegação

7. NTSC/PAL

8. Stop — Pressione para parar a reprodução atual.

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='iomega6.jpg']

1. Chave de alimentação

2. Conector USB 2.0

3. Conector de saída de vídeo SCART — Envia sinal de vídeo/áudio para equipamentos AV europeus (cabo não incluído).

4. Conector de saída de áudio/vídeo composto

5. Conector de saída de vídeo componente

6. Conector de fonte de alimentação — A fonte de alimentação deve estar conectada e ligada sempre que usar o ScreenPlay.

7. Conector digital coaxial — Envia sinal de áudio digital.

[photoframe size=large desc='' align=center folder='wp-content/blogs.dir/33/files/iomega-screenplay-hd-de-500gb' filename='iomega13.jpg']

Enfim, gostei de brincar com o Iomega Screenplay HD de 500Gb. Uma coisa é certa: a parte menos importante deste brinquedinho é que ele pode servir como backup dos arquivos do seu notebook. A Iomega descobriu que trabalho e entretenimento podem andar juntos, inclusive fisicamente.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.