DESTAQUES Motocicletas 

Harley-Davidson pagará multa de US$ 12 milhões por causa de acessórios super tuners

16-hd-low-rider-7-large

A Harley-Davidson vai pagar US$ 12 milhões em multas e retirar do mercado norte-americano acessórios denominados super tuners para seus modelos (os equipamentos aumentam a potência das motocicletas) e também aumentam a poluição do ar pelas motos para além do permitido naquele país.

Segundo o Departamento de Justiça dos EUA, a marca vendeu cerca de 340 mil super tuners, em pós-venda, desde 2008. A empresa também vai depositar outros US$ 3 milhões que serão direcionados para projetos de despoluição do ar.

A montadora norte-americana informou em nota que acata a decisão do governo mas que a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos ou Environmental Protection Agency (EPA), que requereu a ação do governo, está equivocada e que os acessórios super tuners são vendidos exclusivamente para uso em competição.

A EPA também afirma que a Harley-Davidson colocou no mercado outras 12.600 motos sem certificação da agência de proteção ambiental entre 2006 e 2008.

Os super tuners sairão das revendedoras da montadora nos EUA a partir de 23 deste mês. A marca também terá que recolher todas peças em estoque e destruí-las.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.