Descoberto desmanche de motos em Fortaleza, Ceará

A acão dos motociclista em cooperação coma polícia do Ceará tá dando certo.

Um esconderijo usado por ladrões de motocicletas foi descoberto ontem pela manhã, por acaso, pelo dono de uma moto que tinha sido ´desmanchada´ ali. No local, funcionava uma oficina de ´fachada´, na Avenida Alberto Craveiro, bairro Dias Macedo. O pintor Francisco Gledson encontrou o local por “ironia do destino”, segundo avaliou. “Minha moto foi tomada de assalto no último fim de semana e hoje (ontem) estava com outra moto, que precisava de conserto no freio. Parei para consertá-la justamente na oficina em que a minha moto estava toda desmontada”, contou.

Cledson foi vítima de assalto no último sábado (9), por três homens, no quilômetro 3 da BR-116, na Aerolândia. Ele estava sentado na moto quando foi surpreendido pelos bandidos. “Além do veículo levaram todos os meus documentos”, disse. A moto roubada era uma Tornado 250 branca, de placa JPI-0439, cujos pedaços estavam espalhados pelos cantos da oficina onde funcionava o ´desmanche´.

Logo que chegou ao local para fazer o serviço na outra motocicleta, Gledson observou a parte do farol de sua moto, no chão da oficina. “Reconheci na hora. Então comecei a andar no local e encontrei as duas rodas e o tanque, além de partes da carenagem. Saí de lá e fui ao 16º DP (Dias Macedo), que fica próximo, para pedir ajuda”, contou. Uma equipe do Ronda do Quarteirão, sob o comando do tenente Guilherme, foi até a oficina, mas o dono já tinha fugido.

A ação dos motociclista em cooperação coma polícia do Ceará tá dando certo.

Fonte – Diário do Nordeste

Motociclistas de Fortaleza se unem contra roubo de motos.

A onda de roubos de roubos de motocicletas em Fortaleza, capital do Ceará anda gerando muito medo entre os motociclistas.

Agora deixar a moto na rua não é garantia de poder encontrá-la na volta. A maioria dos roubos é para tirar peças para revender a outros motociclistas que tiveram as motos acidentadas ou quebradas e não querem ou não tem dinheiro para gastar.

Recentemente tivemos dois roubos que fizeram com que uma força-tarefa fosse montada para recuperar a moto CBR 600 RR roubada na rua Soriano Albuquerque, a uma quadra do Bar Rota 66 (frequentado basicamente por motociclistas) em maio deste ano. Acontece que desta vez conseguiram registrar as imagens e a descrição dos assaltantes. A Força- tarefa formada por motociclistas, alguns deles policiais, deverá realizar buscas para encontrar outras sete motos roubadas este ano, dentre elas duas Hornets.

A ação e os resultados

O trabalho já apresenta resultados. Uma CB 1300 SF roubada no mesmo lugar semana passada foi encontrada poucos dias depois no bairro Quintino Cunha, subúrbio de Fortaleza; abandonada, sem escape, retrovisor e sem um dos amortecedores todas as peças pertencentes ao lado direito da moto. A força-tarefa, segundo informações obtidas junto ao grupo que prefere não se identificar, já conseguiu identificar quem são e por onde circulam os ladrões. A polícia do estado está em permanente cooperação com o grupo que recolhe e repassa as informações as autoridades.

Uma grande campanha está sendo montada para que os motociclistas não comprem peças usadas. Além dessa ação, os motociclistas donos de motos de maior cilindrada estão se juntando para a compra de um lote de rastreadores. A ação visa obter melhor preço tanto na compra do dispositivo como na despesa com o serviço de instalação.

 

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.