Década de 80’: a transição para o nosso mundo

————————————————————————————-

Falar da Década de 80’ é como voltar no tempo (no meu tempo também!) e lembrar que, o que muitos chamaram de a ‘década perdida’, para muitos foi o início de outras importantes transformações de uma geração que revolucionou o mundo e que ainda está viva. Alguns destes avatares ainda estão vivos, como o Mestre Piropo, o Paulo Couto, Xandó e tantas lendas vivas deste Fórum PCs que, hoje, convivem conosco e que muito têm a nos contar pois algumas destas boas idéias nasceram naquela década. Nossos pais tiveram que reaprender praticamente muita coisa que a eles foi ensinada como verdades absolutas. Profissões novas apareceram e outras tradicionais sumiram para sempre.

Os computadores diminuíam de tamanho e apareciam a Apple, a Microsoft, o IBM PC e a Internet. A Guerra Fria dava o tom do início da década com as Olimpíadas de Moscou. O choro de Micha, o simpático ursinho, era uma previsão do que viria por ai: a queda do Muro de Berlim. Foi uma década de muita luta e muita transformação tecnológica.

Naquele tempo os governos de exceção sofriam a mais dura resistência e tanto lá fora como aqui a luta pela liberdade continuava. No Brasil, vivemos a farsa do Riocentro e o temor da volta da ditadura com a morte de Tancredo Neves. Suspiramos de esperança quando foi promulgada a nova Constituição Brasileira em 1988.

O que chamavam errada e preconceituosamente de ‘Câncer Gay’ na realidade era uma síndrome de imunodeficiência e não era culpa dos gays, pois todos estavam envolvidos e uma boa parte eram drogados e heteros. Se chamou de AIDS e ela freou o fervor dos hormônios atiçados nas décadas de 70 e 60.

Nelson Piquet é tri-campeão da Fórmula 1, surge o fenômeno Ayrton Senna, Hortênciaé eleita pela imprensa americana a “Rainha do Basquete” e Emerson Fittipaldi vence as 500 milhas de Indianápolis. Itália e Argentina ganham as duas Copas do Mundo da década e acontecem as Olimpíadas de Moscou, Los Angeles e Seul.

A Argentina invade as Ilhas Malvinas num um último suspiro da ditadura argentina e toma a maior ‘surra’ dos ingleses. Um amigo meu, Ricardo Viveiros, prêmio Esso de Jornalismo, me contou que embriagou um barqueiro e desembarcou nas Malvinas em plena guerra. Preso pelos ingleses pôde entrevistar prisioneiros de guerra argentinos que disseram a ele que “ganhariam a guerra se tivessem recebido um fuzil que atirasse”. O meu Flamengo é campeão da Copa Libertadores da América e do Mundial Interclubes. A União Soviética sai humilhada do Afeganistão. Milhares de soldados não sabiam para qual país voltar, pois a URSS havia acabado.

Nasce o PT, que anos depois elegeria Lula presidente. O Movimento ‘Diretas Jᒠmovimenta o país (lembro que era um ativista da democracia e participava dos comícios e corria da polícia da repressão quando achavam que a gente estava exagerando. ‘Matei’ algumas aulas para protestar).

Tancredo Neves é eleito, de forma indireta, presidente do Brasil numa disputa contra Paulo Maluf (apesar de a eleição ser indireta, Tancredo Neves contava com grande apoio do povo brasileiro, enquanto Paulo Maluf era tido como antipopular e recebia muitas vaias e “chuvas de ovos” por onde passava fazendo campanha), mas, morre antes de assumir o cargo e assume o vice-presidente José Sarney( e o desastre dos planos cruzados) e nas mãos dele acaba a Ditadura Militar no Brasil.

É inaugurada a usina hidrelétrica de Itaipu e lançado o canal de notícias norte-americano CNN. Desaparece a Rede Tupi de Televisão e entra no ar o SBT. A década era da música eletrônica e ainda assim Michael Jackson faz sucesso mundial com o álbum Thriller.

Cantores e bandas Internacionais que fizeram sucesso nos anos 80’ marcaram a história com músicas que até hoje tocam: Bon Jovi, Def Leppard, Duran Duran, Pet Shop Boys, Prince, Madonna(que começou imitando Cyndi Lauper) ,Michael Jackson, Guns N’ Roses, Journey, U2, Iron Maiden, Van Halen, INXS, Whitesnake,Kiss, Cyndi Lauper para citar alguns.

Esta década ficou na história de muita gente e foi tão boa que existem programas de rádio matinais e vespertinos, festas e shows especialmente dedicados ás músicas da Década de 80’. Aqui em Fortaleza tais festas lotam as mais elegantes casas e misturam pessoas de muitas idades. Naquela época eu tinha um Kharmann Ghia 1966, vermelho e de pára-choques cromados e sonhava com a minha primeira moto.

Muitas bandas se consolidaram: RPM, Ultraje a Rigor, Titãs, Legião Urbana, Barão Vermelho, Kid Abelha & Os Abóboras Selvagens, para citar algumas. Acontecia o primeiro Rock in Rio e nascia o Sambódromo. Na MPB, as bandas de música pop e de rock and roll, como Legião Urbana, Ultraje a rigor, Engenheiros do Hawaii, Titãs, RPM, Claudio Zoli começavam a ‘bombar’. A MPB consagrou Elba Ramalho, Simone , Marina Lima, Maria Bethânia, Zizi Possi, Fafá de Belém, Elis Regina Gal Costa, Rita Lee, Rosana , Joanna, Caetano Veloso, Chico Buarque, Milton Nascimento, Tom Jobim e Gilberto Gil.

Ainda na Década de 80’ o Papa João Paulo II sofre um atentado e inicia a Guerra das Religiões que divide o mundo entre cristãos, muçulmanos e judeus. A nova Cruzada vai culminar décadas depois no fatídico 11 de Setembro. A década é de Ronald Reagan e Margaret Thatcher que traçam a política neoliberal que quase detonou o mundo todo em 2008.

A geração da boa convivência sabia que esta seria uma década onde as transformações precisariam conviver juntas e se ajudarem. O fato é que esta convivência permitiu que as diferenças se somassem numa conta entre quem vende o novo e quem quer o novo. E o novo chegou!

Em 30 de setembro de 1980 é publicado o padrão da ethernet. Em abril de 1981 a nave espacial Colúmbia faz seu primeiro vôo e em janeiro de 1983 a Apple lança o computador Macintosh. O Walkman original foi criado em 1979 no Japão e levava o nome de Soundabout, no exterior. Foi criado pelo coordenador do setor de áudio da Sony Nobutoshi Kihara para um dos sócios da empresa, Akio Morita, que queria escutar ópera durante seu trabalho. Morita destestou o nome Walkman e pediu para ser alterado. Mas a propaganda estava na rua com o nome Walkmane mudar sairia muito caro.

Quando o primeiro aparelho ficou pronto, em abril de 1979, os vendedores não ficaram muito entusiasmados com a idéia e afirmaram que o Walkman venderia pouco. Akio Morita que acreditava no novo produto, então, propôs um desafio: se o Walkman não vendesse pelo menos 100 mil de unidades em seus dois primeiros anos de mercado, ele renunciaria à presidência da Sony. Akio ganhou a aposta e naquele período cerca de 1,5 milhões de tocadores de áudio Walkman foram vendidos.

Em 7 de outubro de 1984 nasce o primeiro bebê de proveta no Brasil e em 1985 é identificado um buraco na camada de ozônio e aqui começa a grande confusão e as campanhas ‘verdes’ comandadas pelo Greenpeace. Em fevereiro de 1986 é a vez da aparição do cometa Halley e o lançamento do filme Star Wars: O Império Contra-Ataca (Episódio V). Em junho de 1982 estréia nos cinemas o filme “E.T, o Extra Terrestre”.

O IBM PC e o Apple Macintosh e as primeiras interfaces gráficas (o XFree86, Windows e o MacOS) espantam o mundo! É desenvolvido o CD e a estação espacial MIR, da União soviética vira realidade. As BBSs se popularizam. Junto com eles os computadores pessoais, ou PCs, walkmans e videocassetes. Começa a cruzada pelo Software Livre (Projeto GNU, Free Software Fundation) einicia a soberania CZS.

Naquele tempo, a publicidade mostrou o tom daquilo que seria a melhor fase da nova era. Alguns anúncios mostram as expectativas, por vezes exagerada, do que estava por vir. Nascia o Windows e ver Ballmer anunciá-lo é, no mínimo, questionar os verdadeiros propósitos do novo Sonho Americano ( o Windows 1.0 – veja o vídeo) .

A primeira rede de grande extensão baseada em TCP/IP entrou em operação em 1 de janeiro de 1983, quando todos os computadores que usavam o ARPANET trocaram os antigos protocolos NCP. Em 1985, a Fundação Nacional da Ciência (NSF) dos Estados Unidos patrocinou a construção do National Science Foundation Network, um conjunto de redes universitárias interconectadas em 56 kilobits por segundo (kbps), usando computadores denominados pelo seu inventor, David L. Mills, como “fuzzballs”. No ano seguinte, a NSF patrocinou a conversão dessa rede para uma maior velocidade, 1,5 megabits por segundo. A decisão importantíssima de usar TCP/IP DARPA foi feita por Dennis Jennings, que estava no momento com a responsabilidade de conduzir o programa “Supercomputador” na NSF.

Caros leitores, falar da Década de 80’ é um desafio gigante. Neste ponto, deixo a história por sua conta, pois esta coluna não tem a menor pretensão de bastar-se e consumar uma década que ao meu ver ainda não acabou. A chamada ‘Década Perdida’ começa a encontra-se agora e assim peço que poste aquilo que esqueci ou deixei de falar (por falta de espaço ou de atrevimento), de uma época sem comparação. Em um dos meus poucos encontros, ao vivo, com o Mestre Piropo, eu tive o privilégio de poder‘babar’ diante de tantos detalhes que compõem uma história que ele mesmo precisa contar (perdoe-me a provocação, mestre). História esta que nem atrevo a rabiscar uma linha sequer, além desta, que termina com um simples ‘ponto,’ mesmo não sendo, por queo sei, ser o ‘ponto final’.

A partir deste ponto, caro usuário, quem conta a história é você. Coloque fatos e fotos. Afinal de contas, quem é daquela década viveu uma época sem comparação.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.