Cuidado com novo prazo de entrega do SPED Fiscal

Pelo fato de várias empresas não terem conseguido se adequar ao novo Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), a Receita Federal prorrogou até 30 de setembro o prazo para entrega do SPED Fiscal. Essa obrigação deverá ser cumprida por empresas que recolhem Imposto sobre Circulação de Serviços (ICMS) e Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

“Primeiramente, as empresas focaram seus esforços para entregar o SPED Contábil no prazo estabelecido pelo fisco. Agora, a expectativa é grande para a organização dos dados do SPED Fiscal. É preciso estar atento às apurações dos impostos para evitar contradições no balanço financeiro”, orienta o especialista em tributação Reinaldo Mendes Jr.

A empresa disponibiliza o Easy-Sped Fiscal, que é um programa que valida as informações, antecipando as consistências e cruzamentos realizados pelo SPED Fiscal; possibilita ajustes, reclassificações e identificações de dados de forma rápida e objetiva; gera as principais obrigações acessórias referentes ao ICMS e IPI, além dos arquivos para escrituração digital no SPED Fiscal.

O SPED Fiscal é um sistema da Receita Federal que tem o objetivo de informatizar a relação entre o contribuinte e o fisco.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.