DESTAQUES Eventos & Feiras 

Como organizar seu evento: ELOGIOS, CRITICAS E SUGESTÕES

Motociclismo Responsável
Motociclismo Responsável

Mesmo que os números do seu evento sejam os melhores possíveis e mesmo que você tenha conseguido executar 90% do seu projeto aprovado, ainda assim receberá sugestões e críticas.

Os elogios pelo bom trabalho devem ser bem recebidos e festejados. Agradeça a todos. Eles são a primeira recompensa pelo trabalho feito e bem feito. Aproveite este momento, logo após o evento, para promover um churrasco para toda a equipe (eu disse toda a equipe mesmo). Será aquele dia de agradecimentos tipo olho-no-olho. Pegue alguns brindes que você recebeu de patrocinadores para sortear entre a sua equipe. Entregue um troféu do evento para cada um. Faça a foto oficial e publique. Lembre-se de colocar este custo no orçamento do evento. Você vai achar que não precisa, mas será um custo e comemorar e agradecer a equipe também faz parte do evento.

A festa acabou e chegou a hora do balanço. Feche as contas. Pague logo todos os fornecedores ainda pendentes. Em seguida comece a listar todas as sugestões e críticas que recebeu.

Existem dois tipos de sugestões. A primeira cuida de novas inclusões e novas atrações. Anote todas elas no projeto original e guarde para analisar depois, quando for fazer um próximo evento. O outro tipo de sugestão é muito melhor que a crítica. Esse tipo de sugestão chega a partir de uma crítica e já vem com a dica de como corrigir e melhorar. Essa informação é valiosa. Anote também na parte do projeto na qual a sugestão de correção ou melhoria se refere para analisar quando for fazer o próximo evento.

Patrocinado
Patrocinado

Vamos as críticas. Ninguém gosta delas, mas você precisa gostar, pois existem também vários tipos de críticas. Tem a crítica que é pessoal. Tipo: “se fosse eu” ou “se fosse no meu evento eu faria assim.” Escute e agradeça. Opinião pessoal só interessa a pessoa. Quem quer te ajudar vai começar sugerindo a você através de uma pergunta, tipo: “Já pensou que se tivesse feito assim?” Então… Essa é uma boa pergunta e boas perguntas merecem ser compreendidas. Há a crítica funcional onde apenas aponta o erro e não sugere nenhuma solução. Se ela proceder, guarde e agradeça. Se não procede explique a parte que o crítico não entendeu. Você não deve aceitar a crítica calado se ela tem o intuito de prejudicar o seu evento. Tem, por fim, a crítica destrutiva. Essa não só merece resposta, como, às vezes uma intervenção mais dura.

Não permita que prejudiquem seu evento apenas por que todos acham que você deve aceitar todos os tipos de crítica. A crítica que conduz uma mentira fruto da inveja, do sarcasmo e até mesmo do preconceito devem ser respondidas e direcionadas a pessoa que a lançou. Uma mentira repetida dez vezes começa a virar verdade. Quando isso acontecer respire, junte as informações e responda por escrito ou por áudio no mesmo lugar onde a crítica foi postada e feita. Se foi em um grupo de WhatsApp que você participa, vá e responda lá. Seja educado, gentil e não use palavras duras ou opiniões pessoais. Responda com fatos. Assim todos saberão ao mesmo tempo o que você pensa. Algumas pessoas não tem o limite da inconveniência e para aparecerem às suas custas produzem estas críticas destrutivas.

Não se espante ao perceber que alguns de seus convidados irão comer da sua comida, beber da sua bebida, dormir na sua casa, ouvir a sua música e ainda assim, por mais que tenham sido bem recebidos, sairão falando mal. É do ser humano. É a parte da humanidade que não deu certo.

O importante para saber que foi um bom evento são alguns indicadores de satisfação e um deles serão os elogios espontâneos.

Eventos grandes e que se destacam perante os outros sempre serão alvos de comentários infelizes. Avalie se o comentário é calunioso ou apenas uma opinião pessoal, para agir corretamente.

Por outro lado, lembre-se que os elogios também têm uma escala. Eles mostram o que foi muito bom e deve ser anotado para ser repetido. O que foi interessante e aquele diz como seria melhor ainda. Veja que o “melhor ainda” quer dizer que você chegou perto do ideal. O dito “interessante” faz referência a uma surpresa. Continue apostando em surpresas, as pessoas adoram. Como eu disse, curta muito e comemore o seu resultado positivo. Esta foi a parte que você acertou. E cuide para ajustar o que não foi tão bem e acima de tudo saiba que o sucesso traz mais admiradores e na mesma proporção os invejosos também. Saiba aproximar-se dos primeiros e prestar atenção naqueles que o aplaudem em silêncio. Fuja da soberba, da arrogância e de ‘se achar’. Isso vai contaminar suas ações no próximo projeto. A vaidade é um verniz que engessa o sucesso! Fuja dela!

DICA DE OURO: O fato do evento ter sido um sucesso não é garantia de que o próximo será igual ou melhor. Pode ser pior. Um descuido e o problema aparece. Comemore e depois zere tudo e comece novamente. Melhorar o bom é sempre muito mais difícil e dá ainda mais trabalho. O próximo projeto é um novo projeto e não a continuação do atual que já foi concluído.

Anote tudo e use no próximo plano. E por falar em ‘próximo projeto’ vamos tratar disso na nossa próxima matéria.

Bom evento! Por que o melhor evento do mundo é o seu!

APOIADO POR NETO LUBRIFICANTES e GARANHÕES DO ASFALTO MG

Semana que vem vamos falar de O PRÓXIMO PROJETO. Bom evento! Se quiser falar conosco envie e-mail para voceesuamoto@gmail.com ou wsap 85999398956.

logo_onlineO Você e Sua Moto produziu três edições do Iguatu Moto Fest e uma edição do Iguatu Moto Week – o maior evento motoclubista do Ceará. Na lista existem os motoindoor de Quixadá (em parceria com Motosnet)  e Ubajara; a série de eventos experimentais The Eagle Bike Show, Eusébio Moto Fest 2015, Iguatemi Biker for Like, Outbikers Off Outlet, Várzea Alegre Moto Fest dentre outros voltados para o mototurismo e eventos de ações sociais. Nossa intenção com esta série de matérias é ajudar com dicas importantes para que seu evento motoclubista seja um sucesso.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment