Circuit City será liquidada e demitirá 30 mil

A Circuit City Stores Inc., segunda maior rede de varejo eletrônico dos EUA, vai entrar em processo de liquidação de ativos. A empresa tinha pedido concordata em novembro e, recentemente, disse estar negociando com dois compradores potenciais. No entanto, sem ter recebido propostas, vai fechar as portas de suas 567 lojas remanescentes no país e colocar na rua mais de 30 mil funcionários.

A Circuit City informa ainda que não deve sobrar dinheiro para os acionistas ao fim do processo, mas lembra que as conclusões serão definidas durante o trâmite da falência. No final do ano, a rede tinha 567 lojas nos Estados Unidos e 765 no Canadá.

Os cortes anunciados pela Circuit City vão se somar a outros anunciados na sexta-feira, de farmacêuticas a empresas de tecnologia. Roche e Pfizer disseram que vão demitir, juntas, mais de três mil empregados no mundo. A locadora de carros Hertz planeja cortar 4 mil pessoas, e a General Electric deve eliminar entre 7 mil e 10 mil vagas.

No anúncio de sexta-feira, a americana Pfizer disse que vai dispensar até 2.400 funcionários da unidade de vendas, além do corte de 800 pesquisadores informado no início desta semana. E sua concorrente suíça Roche planeja fechar 780 vagas nos próximos dois ou três anos. Já a locadora de carros Hertz planeja economizar entre US$ 150 milhões e US$ 170 milhões em 2009, com os 4 mil cortes. A fabricante americana de microprocessadores Advanced Micro Devices (AMD) pretende eliminar 1.100 empregos no mundo ou 9% de seus quadros, a partir de fevereiro. E a GE vai cortar até 10 mil de seu braço financeiro, segundo a rede de televisão CNBC.

Diante desse quadro, a Casa Branca estimou que o número de vagas fechadas em 2009 vai superar os 2,6 milhões de 2008, maior corte anual desde 1945. O governo americano estimou que a média mensal de postos de trabalho eliminados em 2009 será de 235 mil, bem acima dos 114 mil verificados no ano passado.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.