Motociclismo 

Cinquentinhas que desrespeitam a lei de trânsito ficam 10 dias de "castigo" no DEMUTRAN.

images
Se fizer isso são 10 dias de “castigo” no DEMUTRAN

O DEMUTRAN de Iguatu (380 km de Fortaleza, Ceará) adotou uma medida disciplinar para evitar que as motos de 50cc desrespeitem o trânsito. Portaria do órgão de trânsito do município aplica pena de retenção do veículo por dez dias, dobráveis em caso de reincidência caso o motociclista desrespeite alguma lei de trânsito.

As motos de 50cc circulam em Iguatu sem placas e seus usuários não utilizam a ACC – Autorização para Condução de Ciclomotores, por não ter sido ainda regulamentada por lei municipal. Apesar disso, a coisa não rola solta como deveria parecer.

A nova Portaria do DEMUTRAN recolhe motos que estejam irregulares – sem nota fiscal, condutores sem capacetes, embriagados, com problemas elétricos e rodando com escapamento aberto e ainda por desrespeitar qualquer lei de trânsito, inclusive as conduzidas por menores de idade  – e as coloca de castigo por 10 dias.

images50
As motos de 50cc circulam em Iguatu sem placas e seus usuários não utilizam a ACC. Apesar disso, a coisa não rola solta como deveria parecer.

A medida visa educar os condutores já que não é possível aplicar uma multa. Ainda assim o proprietário para retirar a moto precisa que ela esteja em condições de rodar. Em determinados casos a autarquia pode cobrar uma taxa referente ao tempo em que ficaram no depósito.

Tais medidas visam reduzir acidentes e educar as pessoas para se portarem de forma mais consciente no trânsito e fazem parte de um pacote de medidas lançadas pelo prefeito Aderilo Alcântara na Semana do Município que comemora 160 anos de emancipação política de Iguatu, que tem como foco nas comemorações, a educação de trânsito como forma de prevenção de acidentes.

A medida tem surtido efeito. Os recolhimentos tem caido semanalmente, bem como os índices de acidentes com essas motos.

A Semana do Município será também a Semana de Trânsito de Iguatu

Com a finalidade de salvar vidas e educar a população da cidade para um trânsito mais consciente, o prefeito de Iguatu, Ceará (380 km de Fortaleza), informou em reunião pública realizada no CDL – Clube de Diretores Lojistas – que alguns abusos serão coibidos.

A prefeitura irá adquirir bafômetros para utilização pelo DEMUTRAN da cidade visando coibir o hábito de beber e dirigir. Outra medida adotada será a retirada das mesas que ficam ocupando as vias públicas – fato muito comum na cidade.

O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara está ciente do desgaste e da pressão que sofrerá, mas sua opção em defender a vida dos munícipes e tornar a cidade cada vez melhor para se viver será firme. “Sei que vou desagradar muita gente, mas a minha opção é pela vida e por fazer o que é certo”. Destacou o prefeito que foi aplaudido pela sua decisão.

Além disso, a PMI que já possui decibelímetros (aparelhos que medem os ruídos provocados por carros de som e paredões) será utilizada com mais frequência. A medida visa coibir a poluição sonora que vem atormentando o sossego da população.

Está prevista ainda a criação do Comitê de Trânsito de Iguatu, que será formado por segmentos representativos da população com o objetivo de fiscalizar as ações e cobrar novas medidas.

Educar para um trânsito mais seguro.

Em 2012 cerca de 38 pessoas, a maioria na faixa de 20 a 29 anos e sem CNH, morreram em conseuência de acidentes de trânsito.

Outro problema enfrentado pelo município é a grande quantidade de atendimentos realizados em razão desses acidentes – 553 atendimentos e cerca de 300 cirurgias em 2012 – sem contar as inúmeras viagens pagas pela PMI onde ambulâncias levam pacientes mais graves para os municípios de Barbalha, Juazeiro do Norte e Fortaleza.

A meta é reduzir o número de mortos e inválidos e dar mais paz ao trânsito de Iguatu combatendo o excesso de velocidade, alcoolismo e a imprudência.

 

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.