Atrasa a entrega dos 150 mil notes populares.

Os 150 mil notebooks populares do projeto “Um computador por aluno” (UCA) não serão entregues a 300 escolas do ensino público brasileiras antes do início do ano letivo.

Segundo a Agência Brasil, a Secretaria de Educação a Distância do Ministério da Educação (MEC) explicou que não seria possível cumprir esse prazo já que a licitação para a compra dos computadores ainda está em andamento, com status de ‘interrompido’ devido a um pedido de vista do Tribunal de Contas da União (TCU).

O projeto anda a passos lentos. Só depois de um ano congelado foi que no dia 17 de dezembro de 2008 o pregão eletrônico para a compra dos notebooks fechou com cada máquina a R$ 553, ou R$ 82,5 milhões pelo total. Esses computadores serão destinados às escolas públicas de 230 municípios brasileiros. O vencedor foi o Mobilis, da indiana Encore, oferecido pela Comsat. A empresa havia iniciado os testes para provar a adequação dos equipamentos às exigências, mas o Tribunal de Contas pediu mais informações sobre os detalhes técnicos do edital ao ministério, interrompendo o processo.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment