Adolescentes do DF marcam briga pela internet. 40 são presos

Existe uma máxima na educação antiga que dizia que “quem não faz seu filho chorar, chora por ele”. O ditado nada tem a ver com ser violento com os filhos, mas com o estar vigilante. Os pais, cada vez mais, são convidados a participar da vida de seus filhos.

Jovens de 12 a 18 anos, integrantes de dois grupos rivais, combinaram um acerto de contas pelas internet. Dos 100 jovens que estavam presentes, 40 adolescentes foram presos pela Policia Militar no Parque da Cidade, no centro de Brasília, nesta sexta-feira (6); os outros 60 fugiram com a chegada da PM.

A briga, inicialmente era entre dois garotos de duas escolas particulares de Brasília, mas a notícia se espalhou e cerca de 100 garotos resolveram ir ao parque para assistir. Os 40 adolescentes presos foram encaminhados em dois ônibus de 20 lugares para a Delegacia da Criança e do Adolescente e foram ouvidos no final da tarde. À noite os pais foram buscar seus filhos e, lógico, estavam surpresos, pois não sabiam de nada, apenas acreditaram que eles estavam ‘jogando bola’ ou que foram ‘à escola’.

Os dois jovens que começaram esta confusão fugiram com a chegada da PM. Um deles saiu com o dedo quebrado por conta de um soco desferido. Esta não foi a primeira vez que grupos se reuniram para brigar. Nas outras vezes as brigas chegaram a tal ponto que teve garoto que saiu ‘pingando sangue’.O tenente-coronel Nelson Garcia, do policiamento do batalhão escolar de Brasília,ficou surpreso com a quantidade de estudantes envolvidos na briga.

Quando os pais cuidam apenas das suas vidas e carreiras podem acontecer coisas desse tipo. O pior é que querem por a culpa na internet. Não, a internet não tem culpa. Senhores pais, mais atenção e cuidados com seus filhos antes que os senhores chorem por eles.

Postagens Relacionadas

Leave a Comment

error: Não pode ser copiado. Pode ser impresso e compartilhado.